Home Notícias Política José Melo pode ser cassado pela 2ª vez pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas

José Melo pode ser cassado pela 2ª vez pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas

1 min - tempo de leitura
10

Está marcada para esta quarta-feira, (20/4), a votação de um dos 22 processos de cassação do governador José Melo (Pros) e do vice Henrique Oliveira (PSD). O corregedor regional Eleitoral João Mauro Bessa, preterido pelo Tribunal de Justiça para continuar como membro do TRE (Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas), providenciou a marcação.

Na segunda-feira, (18/4), durante sessão o TRE, ao julgar um agravo regimental para contestar provas em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), João Mauro Bessa negou o argumento da defesa indicando que havia no instrumento “um erro crasso (por apresentar documentos equivocados em processo) que protelava o processo”.

O corregedor deu um prazo de 48 horas para o MPE. O órgão ministerial alegou que não necessitava de todo o prazo, e que daria o parecer nesta terça-feira, (19/4), para que o processo seja julgado na quarta (20/4).

O caso Nair Blair, esta entre a denúncia, que envolve uma série de irregularidades, incluindo que levou o tribunal a cassar, por maioria de votos, o mandato de Melo, em janeiro deste ano. Bessa, no relatório, indica voto favorável a cassação do governador.

Fotos: Reinaldo Okita, Álisson Castro e Assessorias.
Fotos: Reinaldo Okita, Álisson Castro e Assessorias.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Política

Deixe uma resposta

Leia Também

Projetos de Lei de Combate ao racismo tramitam na Aleam

Na última sexta-feira (20), Dia Nacional da Consciência Negra, data em que são reforçadas …