José Melo poderá ser o primeiro Governador cassado do Amazonas

7
Imagem de Divulgação
Imagem de Divulgação

Na noite de quarta-feira (16/12), foi adiado, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), o julgamento da ação que pede a cassação do mandato do governador do Amazonas, José Melo e do vice-governador, José Henrique Oliveira.

O placar dos votos dos seis integrantes da Casa, fechou com 5 x 0 pela cassação de Melo. Porém com o pedido de vista do juiz Márcio Rys Meirelles de Miranda, a sessão foi adiada, uma nova sessão do julgamento deve acontecer em janeiro.

José Melo é acusado de participar de um esquema de compra de votos nas eleições de 2014. E segundo, Daniel Jacob Nogueira advogado da coligação adversária, todos os atos de corrupção estão apresentados de forma clara nos autos do processo, desde a prática das ilicitudes mostram o caminho do que ocorreu, como o dinheiro saiu do Governo do Estado, havia um contrato fraudulento, havia um atestado de serviços que não ocorreu, uma conta de uma empresa fantasma e dessa empresa fantasma saiu para alimentar um esquema de compra de votos, isso está documentado nos autos, e há prova documental de tudo.

O advogado de defesa de José Melo declarou que, caso se confirme a cassação, será oferecido recurso cabível.

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail:

Comentários