Inicial Notícias Brasil Jovem defende criança de 5 anos de ataque de Pitbull

Jovem defende criança de 5 anos de ataque de Pitbull

2 minuto de leitura
145

Câmeras de segurança, registraram o resgate de uma criança que estava sendo atacada por um cão enfurecido, da raça pitbull. O caso aconteceu na Zona Norte do Rio de Janeiro.

O herói da façanha foi o jovem de 20 anos chamado Patrick do Céu,  morador do Parque Anchieta, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e que acabou salvando uma criança de cinco anos do ataque de um pitbull em frente à casa onde mora, na Rua Jurubeba. Uma câmera de segurança registrou todo o ato de coragem. Ele não apenas lutou contra o animal, como conseguiu proteger o menino colocando ele em cima de um veículo estacionado no local.

Jovem defende criança de ataque de Pitbull
Jovem defende criança de ataque de Pitbull / Reprodução

Apesar dos elogios que tem recebido, o jovem refuta o título de herói e diz que se lembrou da filha de dois anos enquanto tentava salvar a criança.

“Não sou herói, longe disso. Quando vi o que estava acontecendo, só consegui pensar na Lara. Fiz por aquele menino o que eu faria por ela. Não pensei em mim em nenhum momento, só queria fazer com que ele ficasse seguro. Agi por instinto”, disse Patrick.

Alvo do ataque, a criança estava acompanhada da babá e andava em um patinete. O vídeo mostra que quando o cachorro avança, a mulher ainda tenta puxar o menino, sem sucesso. Patrick entra em cena neste momento. Ele consegue carregar a criança no colo, tenta afastar o cachorro com as pernas e corre para colocar o vizinho em cima do carro. O jovem ainda cai no chão, luta com o animal, e por fim consegue também subir no veículo, onde ambos aguardam por ajuda

O cachorro não pertence a nenhum morador da rua e chegou ao local sozinho no mesmo dia do ataque. Até o momento, o dono não foi identificado. Na quinta-feira, o animal seguiu a avó do jovem até a residência da família quando ela retornava de uma clínica. Patrick chegou a alimentá-lo e estava próximo do animal quando ele mordeu a criança.

O caso ocorreu em Parque Anchieta, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Após o episódio, todos foram ao hospital e passam bem. O menino teve vários ferimentos pelo corpo e levou cinco pontos no pescoço. A babá ficou com um machucado no braço por conta de uma queda e Patrick levou um ponto na mão, além de ter ferimentos nas pernas e nos braços, causados pelas mordidas.

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.