Home Notícias Polícia Jovem é morta pelo marido após se recusar a mostrar o celular

Jovem é morta pelo marido após se recusar a mostrar o celular

2 min - tempo de leitura
457

Uma jovem de 21 anos foi morta pelo marido dela, após se recusar a mostrar o celular dela durante uma briga do casal na residência em que moravam, em Nova Xavantina, a 651 km de Cuiabá, no último sábado (28). Gabrielly da Silva Coelho Oliveira levou golpes de canivete no peito e não resistiu.

De acordo com o boletim de ocorrência, Ernando Oliveira da Silva, de 31 anos, acionou a polícia para confessar o próprio crime, no sábado, logo após a morte da jovem.

Ele contou que os dois estavam em casa, fazendo um churrasco, quando começaram a brigar. Ernando suspeitava que Gabrielly estivesse o traindo e pediu para verificar o celular dela, o que ela teria permitido, na primeira vez.

No entanto, ainda desconfiado, o marido tentou pegar o celular mais uma vez. Nesse momento, Gabrielly jogou o aparelho no chão, o quebrando.

Em seguida, o marido jogou a vitima no chão e pegou um canivete que estava em seu bolso. Ele a feriu no peito, com três golpes. Gabrielly morreu ainda no local.

Após cometer o crime, Ernando ligou para a Polícia Militar e disse que tinha assassinado a sua mulher. Equipes do Corpo de Bombeiros e Polícia Civil foram até o local para constatar a morte e fazer o isolamento.

Os policiais encontraram também, na residência, uma espingarda calibre 22, que estava em cima do guarda-roupas.

O homem foi preso em flagrante. O crime será investigado pela Polícia Civil.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Roger Siqueira
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Governador do Pará oferece 30 leitos para pacientes do Amazonas com Covid-19

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), anunciou na noite desta quinta-feira (14) que…