Jovem que teve testa tatuada √© detido suspeito de furtar funcion√°rias de posto de sa√ļde

665

O jovem que teve a frase ‚Äúeu sou ladr√£o e vacil√£o‚ÄĚ tatuada na testa por dois homens em S√£o Bernardo do Campo, em julho de 2017, foi detido nesta quinta-feira (14) suspeito de furtar um celular e um agasalho de funcion√°rias de uma unidade de sa√ļde em Ferraz√≥polis, em S√£o Bernardo do Campo.

Ruan Rocha da Silva, 19 anos, foi preso na madrugada de hoje (14) ap√≥s furtar funcion√°rios da Unidade de Pronto Atendimento ‚Äď UPA em S√£o Bernardo do Campo. / Foto: Divulga√ß√£o
Ruan Rocha da Silva, 19 anos, foi preso na madrugada de hoje (14) ap√≥s furtar funcion√°rios da Unidade de Pronto Atendimento ‚Äď UPA em S√£o Bernardo do Campo. / Foto: Divulga√ß√£o

Ele passará por audiência de custódia no Fórum de São Bernardo do Campo nesta tarde.

No boletim, registrado no 1¬į Distrito Policial do munic√≠pio, os policiais escreveram o nome do rapaz e acrescentaram “vulgo ladr√£o e vacil√£o” no documento.

Em março de 2018, o jovem foi preso em flagrante por furtar desodorantes de um supermercado em Mairiporã, na Grande São Paulo. Na ocasião, a fiança de R$ 1 mil foi paga, e ele respondia ao crime em liberdade.

O rapaz sofre com problemas de dependência química e chegou a ser internado por 16 meses.

No final do ano passado, deixou a cl√≠nica onde fez tratamento contra v√≠cio de crack e √°lcool ap√≥s receber alta. No local, ele tamb√©m realizou sess√Ķes para remover a tatuagem.

‚ÄúEle estava internado de forma volunt√°ria, j√° tem mais de 18 anos e pode tomar as pr√≥prias decis√Ķes, ele n√£o estava mais aderindo ao tratamento‚ÄĚ, disse a psic√≥loga Marcela Abrahao da Silveira, coordenadora da cl√≠nica Grand House, respons√°vel pelo tratamento do jovem,¬†em outubro de 2018.

Histórico do caso
Em julho de 2017, o menino, ent√£o com 17 anos, teve a testa tatuada com a frase ‚Äúeu sou ladr√£o e vacil√£o‚ÄĚ.

Os respons√°veis pelo crime, o tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 27 anos, e Ronildo Moreira de Ara√ļjo, 29 anos, foram condenados e cumprem pena em regime aberto.

√Ä √©poca, √† pol√≠cia, eles alegaram que resolveram tatuar a testa do adolescente “como forma de puni√ß√£o” porque ele teria tentado furtar uma bicicleta na regi√£o. Eles filmaram o jovem sendo torturado. O menino negou ter cometido o furto.

A tatuagem foi filmada com o celular de Maycon, e compartilhada pelo Whatsapp. Na ocasião, o vídeo viralizou rapidamente.

*Com informa√ß√Ķes do G1

Coment√°rios