Página Inicial Notícias Amazonas Junta Comercial do Amazonas ganhará sede própria moderna e ampla

Junta Comercial do Amazonas ganhará sede própria moderna e ampla

7 minutos de leitura
125

Para garantir um atendimento com mais conforto aos seus usuários e servidores, a Junta Comercial do Estado do Amazonas (Jucea) adquiriu, após solicitação em conformidade com o Decreto Estadual 38.098, de 31 de julho de 2017, um imóvel do patrimônio público do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead), para suas futuras instalações. A expectativa é inaugurar a nova sede no segundo semestre de 2020.

A aquisição visa, além de um melhor atendimento a sociedade, reduzir despesa aos cofres públicos, uma vez que a atual sede da autarquia, na rua Major Gabriel, 1.728, é em um prédio alugado. Com a sede própria, a Jucea deixará de pagar o valor R$ 17,5 mil de aluguel por mês, o que resultará em uma economia de R$ 210 mil por ano.

Nova sede – Localizada na avenida Tarumã, 379, Centro, a futura instalação da Jucea, um prédio tombado como patrimônio histórico, está agora em processo de elaboração de projeto arquitetônico pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra). Após a aprovação pela Jucea, o projeto ganhará projeção orçamentária e entrará em processo licitatório.

Conforme o presidente da Junta Comercial, Enio Ferrarini, com a modernização e integração dos procedimentos e serviços da autarquia, surgiu a demanda de solicitar um imóvel que atendesse às necessidades da Jucea, como espaço físico para acomodar materiais e equipamentos, e os requisitos mínimos de acessibilidade.

“Era um sonho antigo da Junta Comercial ter uma sede própria e oferecer uma instalação melhor ao colaborador e ao usuário. E, atendendo às diretrizes do governador em racionar recursos do poder público, foi a melhor escolha a ser feita, resgatar um prédio público e histórico, que estava desocupado e que nos tirará do aluguel. Nossa expectativa é mudar a sede da Junta até o mês de agosto de 2020”, destacou o presidente da Jucea.

Ampliação do horário – Além da nova sede, outras medidas já tinham sido tomadas pela nova gestão da autarquia para melhorar os serviços oferecidos à população em sua sede, este ano. Uma delas foi a ampliação do horário de atendimento presencial ao público, passando das 13h para as 17h, bem como a organização deste atendimento, por meio da distribuição de senhas. Com a ampliação do horário, de janeiro a novembro, mais de 4 mil pessoas foram beneficiadas.

Para o contador Alexandre Morais, usuário da Junta Comercial há 10 anos, são significativas as novas mudanças feitas este ano. “Melhorou muito o atendimento. Anteriormente, chegávamos aqui e a fila para atendimento era enorme. Sem falar que nós mesmos precisávamos organizar a ordem do atendimento. Com a organização do atendimento e com a digitalização do sistema, eu ganho tempo e só venho à sede da Junta em um último caso”, ressaltou o usuário.

Canais de comunicação e treinamento – Outra preocupação da autarquia com a modernização do sistema foi a necessidade de criar ferramentas para estabelecer um relacionamento de comunicação e de capacitação com os usuários. Por isso, a Junta criou canais de comunicação no site da instituição, destacando-se o ‘Chat Online’ com mais de 10 mil atendimentos aos cidadãos, de junho a novembro.

Já a capacitação realizada in loco alcançou, em 2019, mais de 20 municípios do interior e a capital amazonense. A meta para 2020 é levar capacitação à todas as cidades do estado.

Protocolo Único – Ainda com o intuito de facilitar a vida do usuário, a Junta Comercial adotou, deste julho, um único tipo de protocolo para os processos, de modo que tenham um único número de protocolo durante toda a tramitação do documento, iniciando da viabilidade até o recebimento do processo.

A mudança tem o objetivo de facilitar para o cidadão, na medida em que reduz a quantidade de números que precisam ser salvos, simplificando também quando for necessário solicitar atendimento na própria Junta Comercial.

Junta Comercial do Amazonas ganhará sede própria moderna e ampla
Junta Comercial do Amazonas ganhará sede própria moderna e ampla

Comentários

Carregue Mais Artigos Similares
Carregue Mais Por Marcus Pessoa
Carregue Mais Em Amazonas
Comentários fechados