Home Notícias Polícia Justiça marca primeira audiência para julgar o acusado de matar Miss Manicoré

Justiça marca primeira audiência para julgar o acusado de matar Miss Manicoré

3 min - tempo de leitura
73

 

A Justiça do Amazonas marcou para 9 de dezembro a primeira audiência do processo que investiga a morte de Kimberly Karen Mota de Oliveira, de 22 anos, Miss Manicoré, morta a facadas. O namorado da miss, Rafael Fernandes Rodrigues, de 31 anos, confessou o assassinato.

O corpo de Kimberly foi encontrado no apartamento do namorado, no Centro de Manaus, no dia 12 de maio deste maio. Rafael fugiu para Boa Vista (RR) pela BR-174, capotou o carro na estrada, mas conseguiu se esconder até o dia 15 de maio, quando foi preso em Pacaraima, região Norte de Roraima, na fronteira com a Venezuela.

A Justiça retoma as audiências sobre a morte da miss após laudo médico descartar que o suspeito do crime, tenha transtornos mentais. A ação penal estava suspensa até o processo de Incidente de Insanidade Mental ser encerrado.

A audiência de instrução e julgamento será presidida pelo juiz de Direito, titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Anésio Rocha Pinheiro. Nessas audiências serão ouvidas as testemunhas de acusação, de defesa e o acusado.

Rafael Fernandez Rodrigues foi denunciado pelo Ministério Público do Estado do Amazonas e vai responder pelo crime de homicídio qualificado (motivo torpe e recurso que tornou impossível a defesa da vítima).

O assassinato

O corpo da Miss Manicoré foi encontrado na madrugada do dia 12 de maio dentro do apartamento de Rafael Rodrigues, de 31 anos. A última vez que a família teve contato com miss foi no dia 10, quando ela moça disse que estava com o namorado, relatou um tio ao G1.

Na noite do dia 11, familiares foram até o apartamento do suspeito mas não foram atendidos. Durante a madrugada de terça a família recebeu a ligação da polícia informando que ela havia sido encontrada morta no local. Na varanda do apartamento do suspeito, a polícia encontrou a faca usada no crime.

Rafael e Kimberly se conheceram em uma boate de Manaus, mas, segundo a investigação, ele já acompanhava a miss pelas redes sociais antes de se relacionarem.

Kimberly era a atual Miss Manicoré e cursava odontologia da Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro).

Rafael, de acordo com a polícia de Manaus, é natural de São Bernardo do Campo (SP) e se mudou para Manaus em 2017, quando ingressou no Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – Amazonas e Roraima (TRT11).

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Roger Siqueira
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Homem “arregaça uma voadora” em idosa e “pega o beco”; Veja o vídeo!

Em Franca, imagens de uma câmera residencial flagraram momento em que um homem ‘dá voadora…