Home Notícias Polícia Justiça marca primeira audiência para julgar o acusado de matar Miss Manicoré

Justiça marca primeira audiência para julgar o acusado de matar Miss Manicoré

1 minutos lido
87

 

A Justiça do Amazonas marcou para 9 de dezembro a primeira audiência do processo que investiga a morte de Kimberly Karen Mota de Oliveira, de 22 anos, Miss Manicoré, morta a facadas. O namorado da miss, Rafael Fernandes Rodrigues, de 31 anos, confessou o assassinato.

O corpo de Kimberly foi encontrado no apartamento do namorado, no Centro de Manaus, no dia 12 de maio deste maio. Rafael fugiu para Boa Vista (RR) pela BR-174, capotou o carro na estrada, mas conseguiu se esconder até o dia 15 de maio, quando foi preso em Pacaraima, região Norte de Roraima, na fronteira com a Venezuela.

A Justiça retoma as audiências sobre a morte da miss após laudo médico descartar que o suspeito do crime, tenha transtornos mentais. A ação penal estava suspensa até o processo de Incidente de Insanidade Mental ser encerrado.

A audiência de instrução e julgamento será presidida pelo juiz de Direito, titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Anésio Rocha Pinheiro. Nessas audiências serão ouvidas as testemunhas de acusação, de defesa e o acusado.

Rafael Fernandez Rodrigues foi denunciado pelo Ministério Público do Estado do Amazonas e vai responder pelo crime de homicídio qualificado (motivo torpe e recurso que tornou impossível a defesa da vítima).

O assassinato

O corpo da Miss Manicoré foi encontrado na madrugada do dia 12 de maio dentro do apartamento de Rafael Rodrigues, de 31 anos. A última vez que a família teve contato com miss foi no dia 10, quando ela moça disse que estava com o namorado, relatou um tio ao G1.

Na noite do dia 11, familiares foram até o apartamento do suspeito mas não foram atendidos. Durante a madrugada de terça a família recebeu a ligação da polícia informando que ela havia sido encontrada morta no local. Na varanda do apartamento do suspeito, a polícia encontrou a faca usada no crime.

Rafael e Kimberly se conheceram em uma boate de Manaus, mas, segundo a investigação, ele já acompanhava a miss pelas redes sociais antes de se relacionarem.

Kimberly era a atual Miss Manicoré e cursava odontologia da Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro).

Rafael, de acordo com a polícia de Manaus, é natural de São Bernardo do Campo (SP) e se mudou para Manaus em 2017, quando ingressou no Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – Amazonas e Roraima (TRT11).

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Roger Siqueira
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Carro roubado está sendo usado para fazer pequenos assaltos em Manaus!

Na noite da última sexta-feira (16), um carro modelo Prisma 2010, de placa NOY 6958 e cor …