Lenda Urbana – A Mulher de Vermelho

1587

Um jovem casal estava muito feliz por estar podendo realizar todos os seus sonhos. ja moravam juntos há pouco tempo, tinham um pequeno filho de seis meses de idade, e tinham acabado de se mudar para um apartamento que há muito tempo eles queriam. Uma tarde de final de semana, o casal depois de brincar com o bebe, acabou adormecendo. o bebe acordou e saiu engatinhando pela casa. Ele engatinhou até a sacada do apartamento e de lá caiu do quarto andar. O casal foi acordado pelos vizinhos. Obviamente eles ficaram transtornados com o fato.

Eles acabaram indo embora dali, pois não conseguiam mais viver em paz naquele apartamento. No dia em que a mudança foi toda retirada, a pobre mãe, que havia perdido seu filho de forma tão cruel, estava sozinha.

Já era noite, quando no alto de seu desespero ela falou que faria qualquer coisa para ter seu filho de volta. Ela acabou dormindo no chão da sala vazia, mas foi acordada por uma voz que falava com ela. Assustada ela se levantou do chão e viu uma mulher vestida de vermelho. A mulher falou que poderia trazer o bebê de volta, em troca de um favor.

Loading...

A mãe teria que matar um criança da mesma idade do seu filho e oferece-la para a mulher de vermelho. No desespero de mãe, ela acabou fazendo isso.  A mulher de vermelho devolveu o bebê vivo para os braços da mãe.

O único inconveniente e que o bebê foi devolvido no mesmo estado em que se encontrava depois de todo o tempo enterrado. O bebê se transforma em algo sobrenatural , era uma massa deformada em carne viva

A lenda da mulher de vermelho
A lenda da mulher de vermelho

Comentários

comentários

COMPARTILHAR
AnteriorLenda Urbana – Dança após a morte
PróximoIngredientes da culinária da Amazônia
Divulgamos em nosso site conteúdos ricos de textos, fotos e vídeos sobre temas amazônicos, nossas belezas naturais, nossa cultura ribeirinha, às vezes notícias frutos de estudos e artigos científicos, além dos já conhecidos assuntos meramente cômicos, notícias, fotos, tirinhas, passatempos e vídeos engraçados; sempre com uma linguagem bem humorada – como pensamos que deve ser o verdadeiro entretenimento.