Mãe de bebê jogado em rio é detida com drogas

4

Cleudes Maria Batista de Moraes, de 23 anos, (a mãe do bebê Pablo Pietro, que teria sido jogado no Rio Negro após uma discussão), foi abordada com mais 4 suspeitos em uma casa onde estaria sendo comercializado drogas, no Município de Manacapuru, distante 84 km de Manaus.

Segundo informações da Polícia Militar (PM-AM), Cleudes foi levada à delegacia do município suspeita de tráfico de drogas. A prisão aconteceu no dia 6 de maio, mas Cleudes foi liberada em seguida. Apenas dois suspeitos presos pela PM permaneceram presos na delegacia de Manacapuru.

Cleudes Maria Batista de Moraes, é mãe do bebê Pablo Pietro, de apenas 4 meses, que teria sido jogado no Rio Negro, em agosto de 2015. O crime teria acontecido após uma discussão sobre pensão alimentícia entre os pais da criança. Cleudes foi liberada após Josias confessar a autoria do crime.

Mãe de bebê jogado em rio é detida com drogas: Foto: Divulgação/ PM-AM
Mãe de bebê jogado em rio é detida com drogas: Foto: Divulgação/ PM-AM

 

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail:

COMPARTILHAR

Comentários