Mais de 100 de alunos foram ‚Äėpossu√≠dos‚Äô em escola

24

Quase uma centena de crian√ßas e adolescentes foram supostamente ‚Äúpossu√≠dos‚ÄĚ, no norte do Peru. Os jovens alegaram terem vis√Ķes de um homem de preto tentando mat√°-los ‚Äď mas n√£o havia ningu√©m.

O caso em massa de ‚Äúpossess√£o demon√≠aca‚ÄĚ fez com que alguns alunos sofressem crises de alucina√ß√Ķes terr√≠veis.

Mais de 100 de alunos foram possuídos em escola
Mais de 100 de alunos foram possuídos em escola

No entanto, os especialistas n√£o foram capazes de explicar os fen√īmenos estranhos na escola peruana Elsa Perea Flores.

De acordo com relatos locais, cerca de 90 estudantes experimentaram a condi√ß√£o contagiosa bizarra, que tamb√©m inclui convuls√Ķes generalizadas e desmaios.

As crian√ßas entre os 11-14 anos tiveram desmaios, gritavam, e pareciam ter fortes convuls√Ķes musculares.

De acordo com a experi√™ncia de um aluno n√£o identificado: ‚Äú√Č perturbador para mim pensar sobre isso. √Č como se algu√©m estivesse me perseguindo por tr√°s. Era um homem alto, todo vestido de preto e com uma barba grande e parecia que ele estava tentando me estrangular. Meus amigos dizem que eu estava gritando desesperadamente, mas eu n√£o me lembro.‚ÄĚ

Outro estudante lembrou que teve dificuldade em respirar e estava segurando desesperadamente seu pesco√ßo como se algu√©m estivesse estrangulando-o. E seu amigo disse que ele n√£o parava de gritar: ‚ÄúLeve-o para fora.‚ÄĚ

Segundo especialistas, o caso trata-se de histeria coletiva. √Č um dist√ļrbio psicol√≥gico em que um grupo de pessoas passa a ter, ao mesmo tempo, um comportamento estranho ou adoecer sem uma causa aparente.

A histeria coletiva come√ßa normalmente quando algu√©m adoece ou fica hist√©rico durante um per√≠odo de stress. Depois da demonstra√ß√£o dos sintomas pelo indiv√≠duo inicial, outras pessoas come√ßam a manifestar sintomas semelhantes, geralmente n√°useas, fraqueza muscular, convuls√Ķes ou dores de cabe√ßa.

Mais de 100 de alunos foram possuídos em escola
Mais de 100 de alunos foram possuídos em escola

 

Coment√°rios