Manaus é escolhida para sediar a próxima edição do Fórum Global dos Governadores para Climas e Floresta, em 2020

296

Manaus foi escolhida por unanimidade para sediar a pr√≥xima edi√ß√£o do F√≥rum Global dos Governadores para Climas e Floresta (GCF-sigla em ingl√™s), em 2020. A escolha aconteceu, nesta quinta-feira (02), em Flor√™ncia, capital do departamento de Caquet√°, na Col√īmbia, onde ocorre a edi√ß√£o deste ano do f√≥rum. O governador do Amazonas, Wilson Lima, que representa a delega√ß√£o brasileira nos debates, comemorou a escolha.

Foto: Diego Peres/SECOM
Foto: Diego Peres/SECOM

‚ÄúN√≥s vamos ter a honra de receb√™-los e discutirmos a√ß√Ķes que conservem a floresta, ao mesmo tempo em que promovam o desenvolvimento econ√īmico e social. Isso refor√ßa o protagonismo do Amazonas em agendas do desenvolvimento sustent√°vel na Amaz√īnia e no mundo‚ÄĚ, destacou Wilson Lima.

Manaus concorreu com San Mart√≠n, no Peru, e Cross River, na Nig√©ria, que retirou sua candidatura em apoio a capital do Amazonas. Pa√≠ses como M√©xico, al√©m de estados brasileiros que comp√Ķem o Cons√≥rcio Interestadual de Desenvolvimento Sustent√°vel da Amaz√īnia Legal, tamb√©m defenderam a escolha de Manaus.

‚ÄúN√≥s temos uma responsabilidade muito grande pela frente, que √© garantir a conserva√ß√£o de uma extensa √°rea de floresta. No caso do Estado do Amazonas n√≥s temos a maior √°rea de floresta cont√≠nua do planeta. Em segundo lugar vem o pa√≠s do Congo. Temos muitos recursos h√≠dricos, muitos recursos naturais, biodiversidade. Mas, apesar de toda a riqueza, ainda enfrentamentos desafios muito grandes. Desafios de garantir desenvolvimento econ√īmico e social para o nosso povo‚ÄĚ, afirmou o governador do Amazonas.

Para o secret√°rio de Estado de Meio Ambiente (Sema), Eduardo Taveira, que tamb√©m participa do evento na Col√īmbia, a escolha de Manaus ganha relev√Ęncia no contexto global das discuss√Ķes ambientais. ‚ÄúA escolha de Manaus √© importante por dois motivos: primeiro, destaca a import√Ęncia do Amazonas como a √°rea que tem a maior reserva natural de floresta conservada; segundo, coincide com o tema que est√° sendo levantado aqui: como transformar toda essa riqueza em melhoria da qualidade de vida da popula√ß√£o da nossa regi√£o?‚ÄĚ, explica Taveira.

‚Äú√Č um tema comum a todos os pa√≠ses que t√™m essa riqueza de biodiversidade e o Estado do Amazonas tem liderado essas discuss√Ķes. H√° muita similaridade de problemas e solu√ß√Ķes em estados como o Amazonas, que tem potencial, mas n√£o sabe como transform√°-lo em realidade. Al√©m disso, o GCF tem se consolidado cada vez mais como uma inst√Ęncia importante das discuss√Ķes sobre floresta‚ÄĚ, destacou o secret√°rio da Sema. ‚ÄúPelo momento que a gente est√° atravessando nessas quest√Ķes relacionadas a aumento de desmatamento e conserva√ß√£o, todos os estados do mundo perceberam a import√Ęncia que seria o GCF ser realizado no Amazonas‚ÄĚ.

Fórum
O F√≥rum Global dos Governadores para Climas e Floresta re√ļne 38 governadores de estados e prov√≠ncias de 10 pa√≠ses que possuem √°rea florestal. S√£o eles: Brasil, Col√īmbia, Costa do Marfim, Equador, Espanha, Estados Unidos, Indon√©sia, M√©xico, Nig√©ria e Peru. Ele foi criado em 2008 para coopera√ß√£o em in√ļmeros assuntos relacionados √† pol√≠tica clim√°tica, financiamento, troca de tecnologia e pesquisa.

Nos tr√™s primeiros dias de evento, o secret√°rio da Sema, Eduardo Taveira, participou das reuni√Ķes de grupos de trabalho e da discuss√£o de oportunidades de neg√≥cios para o desenvolvimento sustent√°vel. As discuss√Ķes s√£o mediadas pelo Programa das Na√ß√Ķes Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), da Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas (ONU).

*Com informa√ß√Ķes de assessoria

Coment√°rios

Receba nossas atualizações no seu e-mail: