Marinha alerta passageiros para evitar acidentes nos rios do Amazonas durante férias

8

Com o per√≠odo das f√©rias, cresce o n√ļmero de pessoas que viajam por meio dos transportes fluviais para o interior do Amazonas. O Comando do 9¬ļ Distrito Naval da Marinha do Brasil, est√° orientando a popula√ß√£o para que todos tenham uma viagem segura e r√°pida. Por√©m √© necess√°rio seguir alguns requisitos b√°sicos de seguran√ßa.

Imagem de Divulgação
Imagem de Divulgação

Entre elas est√£o observar a lota√ß√£o m√°xima de passageiros, se a embarca√ß√£o √© regularizada perante a Capitania Fluvial da Amaz√īnia Ocidental (CFAOC) e disp√Ķe de coletes salva-vidas. Al√©m disso, os pais ou respons√°veis por crian√ßas devem solicitar nas embarca√ß√Ķes os coletes pr√≥prios para essa faixa et√°ria. Pelo menos 10% da capacidade da embarca√ß√£o deve estar dotada de coletes infantis, alerta a Marinha.

De acordo com o 9¬į Distrito Naval, o comandante √© o respons√°vel pela opera√ß√£o e manuten√ß√£o da embarca√ß√£o em condi√ß√Ķes de seguran√ßa, extensivas √† carga, aos tripulantes e √†s demais pessoas a bordo, e aos demais procedimentos. As determina√ß√Ķes s√£o previstas pela Lei n¬ļ 9.537, de 11 de dezembro de 1997, que disp√Ķe sobre a seguran√ßa do tr√°fego aquavi√°rio, e pelo Decreto n¬ļ 2.596 de 18 de maio de 1998, que a regulamenta.

Desde dezembro a Capitania Fluvial da Amaz√īnia Ocidental vem intensificando a fiscaliza√ß√£o das embarca√ß√Ķes nos rios do Amazonas. O objetivo, explica o √≥rg√£o, √© coibir, principalmente, o excesso de passageiros e cargas nas embarca√ß√Ķes. Entre as medidas adotadas pela Marinha est√£o multas e a suspens√£o da carta n√°utica dos condutores.¬† As embarca√ß√Ķes utilizadas nos balne√°rios locais devem seguir os mesmos cuidados, al√©m do uso obrigat√≥rio de colete salva-vidas para os condutores e passageiros de motos n√°uticas.

Confira as orienta√ß√Ķes a seguir :

  • S√≥ viajar em embarca√ß√Ķes regularizadas perante √† Capitania Fluvial da Amaz√īnia Ocidental;
  • Verificar a exist√™ncia do equipamentos de salvatagem, como coletes e boias;
  • Checar coletes salva vidas pr√≥prios para crian√ßas, se houver necessidade;
  • Olhar a validade e localiza√ß√£o do extintor de inc√™ndio;
  • Observar o estado de conserva√ß√£o da embarca√ß√£o;
  • Verificar se os condutores s√£o habilitados;

Denuncias podem ser feitas à Capitania por meio do telefone 0800 280 7200 e do Whatsapp (92) 993025040.

Coment√°rios