Menino de 7 anos pediu dinheiro ao Pai Natal, para comprar remédio para o seu amigo

46

No Brasil há uma tradição bonita no Natal. Todos os anos, as famílias vão aos correios buscar uma das milhares de cartas enviadas para o Pai Natal, e compram o presente à criança que o pede.

A ideia é receber uma dessas cartas de forma aleatória e fazê-la chegar, depois, à criança em questão.

Os correios responsabilizam-se, depois, pela entrega. Entre os pedidos de brinquedos e consolas de jogos, surgem, uma vez por outra, histórias verdadeiramente comoventes, cujo altruísmo tão bem caracteriza uma criança.

É o caso da carta de Pietro.

Pietro tem 7 anos e fez um pedido simples ao Pai Natal: dinheiro para comprar o remédio para o seu amigo…

Pietro, com apenas 7 anos, abdicou de todos os seus presentes de Natal e pediu que o Pai Natal lhe trouxesse dinheiro para que pudesse comprar o remédio – bastante dispendioso! – para o seu amigo de dois anos, João Gilberto, que sofre de uma doença, Atrofia Muscular Espinhal.

João Gilberto / Divulgação
João Gilberto / Divulgação

Trata-se de uma condição degenerativa que provoca fraqueza nos músculos e perda dos movimentos.

“Querido Pai Natal, neste dia maravilhoso quero pedir-te um presente para o meu amiguinho João Gilberto. Ele está muito doente e o remédio é muito caro”, diz na sua carta.

“Eu sei que o senhor só faz brinquedos, mas, por favor, ajude o João. Vai ser o melhor presente de todos. Se o mundo inteiro ajudar, o remédio chega e o João vai brincar, pular, correr e ser feliz para sempre”, explica Pietro na sua carta, como conta o Hypeness.

Depois de diagnosticada a doença, a família do pequeno João Gilberto criou uma página no Facebook, e uma campanha de financiamento online, de forma a tentar angariar o montante necessário para comprar o remédio capaz de travar a doença.

Desta forma, apesar da boa vontade do pequeno Pietro e da sua louvável alma, o Pai Natal pode levar-lhe um brinquedo porque a tarefa de ajudar João Gilberto não tem mais de estar assegurada por ele…

Carta do Pietro

Comentários