Home Notícias Amazonas ‘Merenda em Casa’ começa a entregar kits de alimentação escolar para alunos da rede estadual

‘Merenda em Casa’ começa a entregar kits de alimentação escolar para alunos da rede estadual

5 min - tempo de leitura
1,496

“Isso aqui é uma benção!”, comemorou a autônoma Lucileia de Souza, ao receber, nesta terça-feira (28/04), o kit de alimentação escolar da filha Laiana, entregue pelo Governo do Amazonas, por meio do programa “Merenda em Casa”. A iniciativa tem o objetivo de levar toneladas de alimentos às casas de mais de 400 mil estudantes em todo o Amazonas, garantindo alimentação de qualidade aos estudantes e fomento à economia de municípios do interior.

Cerca de 4,5 mil toneladas de alimentos serão distribuídos pelo programa – Imagem: Divulgação

O trabalho para garantir que todas as crianças recebam o kit começou logo no domingo (26/04), mas foi a partir desta segunda-feira (27/04) que as entregas iniciaram. A Secretaria de Estado de Educação e Desporto garante que todas as famílias de alunos da rede estadual receberão o kit nos próximos dias.

“Nós estamos desde segunda-feira recebendo os kits nas escolas. Higienizamos as escolas primeiro, recebemos os kits e estamos já recebendo os motoristas, que estão saindo com os carros. Cada motorista sai com uma rota, com um número de kits, 20, 30 kits, para entregar em casa residência. Eles têm o aplicativo, assim como os pais têm o aplicativo, e esse é o comando para receber o kit, pelo aplicativo”, afirmou o coordenador Orlando Moura, da Coordenadoria de escolas da Zona Sul da capital.

O Amazonas é o primeiro Estado a fazer a entrega dos alimentos nas casas dos estudantes, como medida de segurança e prevenção ao novo coronavírus. Só em Manaus, cerca de 220 mil alunos serão contemplados.

Foi o caso de Kauã Henrique, de 8 anos, que recebeu hoje, em casa, o seu kit. “Soubemos pelo grupo da escola que ele iria receber, mas no dia eu não consegui fazer o cadastro dele, então pensei que não ia conseguir. Só que ligaram de lá [da escola] e disseram que iam entregar assim mesmo, sem ter feito o cadastro, sem nada. Iam fazer o cadastro aqui na hora”, afirmou o pai do aluno, o autônomo Alan Ricardo.

Suporte – Para Lucileia, que mora sozinha com as quatro filhas, os alimentos servirão como uma ajuda para quem está passando por dificuldades por conta da crise do novo coronavírus. Ela e a estudante Laiana receberam o auxílio na porta de casa.

“Nossa, isso aqui é uma coisa muito importante porque realmente tem pessoas, principalmente agora, mãe e pai, que dependiam de um trabalho autônomo na rua, na feira, e agora não têm. Então, as crianças estão em casa, muitas vezes o pai e a mãe não têm. E agora, quantos vão ficar felizes que nem eu? E é uma iniciativa muito boa!”, disse a mãe.

Agricultura familiar – Além do fomento à economia no comércio local, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto também está garantindo as compras de produtos de agricultores e produtores rurais que já estavam previstas para o ano letivo de 2020. As Chamadas Públicas representam investimentos de mais de R$ 32 milhões na produção rural.

Cerca de 4,5 mil toneladas de alimentos serão distribuídos pelo programa – Imagem: Divulgação

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Amazonas

Deixe uma resposta

Leia Também

Ex-secretária da Susam afirma que vice-governador era quem mandava na Saúde

Na última terça-feira (20/10), foi divulgado o depoimento da ex-secretária da Saúde do Est…