Militar confessa assassinato de médico em Manaus

15

Na manhã desta quinta-feira (7/7), o militar do exército Igor Mateus Negrão e Silva, 19 anos, confessou ter assassinado o médico Emerson Rios, 56 anos, a facadas, no último domingo. A motivação do crime seria um celular que a vítima prometeu dar de presente ao suspeito do crime.

O militar confessou o crime após a polícia perceber as lesões no corpo do mesmo. Entre as lesões, o militar poussia um corte no pé, ocasionado após o mesmo pisar na faca durante a briga que teve com a vítima.

O suspeito relatou em seu depoimento que no domingo, enquanto bebia com a vitima, Igor cobrou o celular do médico, que se chateou, foi até a cozinha e voltou com uma cerveja e uma faca, então começaram as ameaças e ambos começaram a brigar, contou o delegado, Igor Martins, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

O militar contou que conheceu o médico em dezembro de 2015, na praça de alimentação do Parque das Laranjeiras.  A vítima até o ajudava financeiramente e tinha prometido um celular.

A prisão do suspeito aconteceu na tarde de quarta-feira (6/7), depois da policia divulgar imagens e solicitar apoio da população.

Igor Mateus Negrão e Silva confessou que matou Emerson Rios: ‘Estou arrependido e quero pedir desculpa para família dele’,
Igor Mateus Negrão e Silva confessou que matou Emerson Rios: ‘Estou arrependido e quero pedir desculpa para família dele’,

Comentários

comentários

Loading...