Página Inicial Notícias Manaus Moradores da ZL relatam presença de óvnis nos céus de Manaus

Moradores da ZL relatam presença de óvnis nos céus de Manaus

5 minutos de leitura
6,924

Na manhã desta segunda-feira (11), moradores do bairro Jorge Teixeira, divulgaram nas redes sociais sobre movimentação estranha no Céu de Manaus. De acordo com uma das testemunhas, os objetos voadores não identificados estavam voando de 2 em 2, e depois de 5 em 5.

Assustados, eles ficaram se questionando por volta das 5:10h . “Lá no centro passou foi de muito assim, muito muito muito mesmo.” “Pareciam estrelas, mas foram passando direto. Começou a passar de 2 em 2 e depois de 5 em 5. Parecia um bucado”, relatou um morador encucado com a situação.

O relato não é só dos moradores de Manaus, mas também do Rio de Janeiro e muitas outras cidades brasileiras conforme vídeos nas redes sociais.

Satélite né? sei😱😱
Segue no insta postei mais vídeos lá…🛸
Luciano_Arcanjo_DJ_coath

Publicado por Luciano Arcanjo em Domingo, 10 de maio de 2020

O que pode ter sido

Muito provavelmente o que os manauaras podem ter visto sobrevoando o céu da capital amazonense seja o “trenzinho” de Elon Musk que passa duas vezes por dia por cima do Brasil.

Lançado em janeiro, a terceira frota Starlink, conta com 60 minissatélites. Os eventos estão acontecendo em plena luz do dia, no início da manhã e no final da tarde.

Trem de Satélites da Starlink sobrevoando a Holanda / Divulgação
Trem de Satélites da Starlink sobrevoando a Holanda / Divulgação

 

Tecnicamente, a Starlink poderá ser vista no Brasil, dependendo apenas de fatores imprevisíveis como as condições atmosféricas do local de observação.

Acorde cedo e aproveite! Os satélites Starlink conseguem ser vistos da Terra, pois estão bem juntos e em órbita baixa (cerca de 440 km). Com o tempo, eles vão se separando e, depois de um a quatro meses, sobem para cerca de 550 km, sua altitude operacional, o que torna bem mais difícil enxergá-los.

Rota e Horário da passagem do Starlink pelo Brasil / Divulgação
Rota e Horário da passagem do Starlink pelo Brasil / Divulgação

Com o lançamento desta semana, a Starlink soma cerca de 180 minissatélites no espaço. Segundo a SpaceX, serão lançados mais 60 deles a cada duas semanas nos próximos anos. O plano ambicioso de Elon Musk é construir uma constelação gigante de 42 mil satélites —para se ter uma ideia, há cerca de 9.000 estrelas visíveis a olho nu ao redor da Terra.

Se bem-sucedida, a Starlink formará um sistema global de internet mais barata e eficiente, que já poderia começar a funcionar no final de 2020.

 

Comentários

Carregue Mais Artigos Similares
Carregue Mais Por Marcus Pessoa
Carregue Mais Em Manaus

Deixe uma resposta