Morre vítima de explosão de cilindro de gás no Tancredo Neves

5

Flavia Costa Hoyos, de 28 anos, uma das vítimas da explosão de um cilindro de gás na última segunda-feira, não resistiu aos ferimentos e faleceu tarde desta quinta-feira (9/03). Flavia estava com 90% do corpo queimado e veio a óbito às 16h10, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde.  Outras treze pessoas ficaram feridas, sendo que nove seguem internadas.

De acordo com o boletim médico, divulgado pela Susam, a morte foi causada por um “choque hipovolêmico séptico, em decorrência das queimaduras em 90% da área corporal”. A filha dela, Laís Mirela de Moraes, também sofreu queimaduras em 85% do corpo e segue internada na UTI do Pronto Socorro da Criança.

Michel Eloi de Moraes, 30, marido da vitima, relatou que no momento do acidente, Flávia estava tentando sair de casa com Laís no colo, quando houve a explosão. Michel, que vinha atrás com o filho, de seis anos, conseguiu fechar a porta.

Flávia Costa Hoyos nao resistiu aos ferimentos
Flávia Costa Hoyos não resistiu aos ferimentos

 

Comentários

Loading...

comentários