Home Notícias MP recusa vídeo de Luiza Brunet com Parisotto gravado por ela após agressão

MP recusa vídeo de Luiza Brunet com Parisotto gravado por ela após agressão

5 min - tempo de leitura
16

Entre as provas que Luiza Brunet usou para acusar o ex-namorado, Lírio Parisotto, de agressão, está um vídeo gravado pela atriz após a suposta briga. Nele, o bilionário de 62 anos aparece seminu deitado na cama do apartamento em Nova York, nos EUA, minutos após a confusão.

As imagens foram gravadas por Luiza e anexados aos processo. Mas que, segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, o Ministério Público de São Paulo rejeitou o material como prova. Nesta sexta-feira (29/7), o órgão confirmou a informação.
Além de exibir a fotografia do rosto machucado, Luiza também gravou um vídeo de 39 segundos em que mostra o empresário coberto com um roupão de banho, tentando impedir a filmagem e chutando o celular da atriz. Na sequência, ele acende um charuto e passa a observar a modelo, que narra:

“Esse é o Lírio Parisotto pelado. Acabou de me encher de porrada. Por quê? Porque é um idiota! Esse moço aqui, ó. Tá vendo? Esse aqui é o Lírio Parisotto. Me bateu hoje, me bateu outras vezes e me bateu hoje de novo por causa da ex-mulher dele, né? A dona Tânia. Hoje, uma hora da manhã. São uma hora da manhã. Esse senhor me bateu”, acrescenta. “Não me bateu? Me bateu, Lírio? Tá vendo, ó!. Ó o nível”, finaliza.

O MP-SP analisou as imagens e concluiu que o vídeo não mostra Lírio agredindo a atriz. O órgão, então, considerou o conteúdo pouco relevante para a denúncia. Para os investigadores, a gravação mostra apenas o ambiente de tensão do então casal.

Mesmo sem essa prova, o Tribunal de Justiça de São Paulo aceitou a denúncia de Luiza contra Lírio Parisotto e transformou o bilionário em réu no processo de agressão. O empresário pode ser condenado por lesão corporal e lesão grave. Além da agressão do dia 21 de maio em Nova York, Luiza afirma ainda que o ex quebrou um dedo dela durante uma briga em dezembro de 2014. Segundo ela, isso a impediu de trabalhar.

Já Lírio acusa a ex-modelo de ser agressiva, diz que apenas tentou contê-la e afirma que a atriz lhe jogou um copo de vidro durante uma discussão num passeio de barco pela Grécia. O episódio, segundo ele, aconteceu no ano passado e teria terminado no hospital, com o empresário levando dez pontos na perna.

Em nota enviada, o advogado de Luiza Brunet, Pedro Fonseca Neto, comentou a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, que acatou denúncia do Ministério Público contra empresário por duas agressões à atriz, e disse que o processo corre em segredo de Justiça.

“Em relação à justa e fundamentada decisão da Juíza de Direito que acolheu a denúncia feita pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, o advogado da modelo e atriz Luiza Brunet esclarece que o processo corre em segredo de justiça e que ela vai se resguardar para prestar declaração na Vara de Violência Doméstica. Luiza confia no Ministério Público, na Justiça e na condenação do culpado. Denunciar a violência doméstica é sempre o melhor caminho.”

MP recusa vídeo de Luiza Brunet com Parisotto gravado por ela após agressão
MP recusa vídeo de Luiza Brunet com Parisotto gravado por ela após agressão

Fonte: Extra

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Notícias

Deixe uma resposta

Leia Também

Dona Rosa, mãe de David Almeida, morre aos 84 anos

Na tarde deste sábado (28), faleceu dona Rosa Almeida, aos 84 anos, mãe do candidato a pre…