Home Notícias Polícia Mulher é morta, desmembrada e cozinhada pelo companheiro, que descobriu que ela era transexual

Mulher é morta, desmembrada e cozinhada pelo companheiro, que descobriu que ela era transexual

48 segundos lido
2,878

Uma mulher transexual russa, identificada como Nina Surgutskaya foi brutalmente assassinada e teve o corpo desmembrado e “cozinhado” em casa. O crime aconteceu em Kursk, cidade da Rússia. O médico Mikhail Tikhonov, o agressor, confessou o crime à polícia, dando todos os detalhes do crime.

Segundo informações , o motivo do assassinato foi o fato dele descobrir durante o ato sexual que ela era transexual. Os dois saíram à noite e, logo depois, foram para o apartamento dele. Na hora do sexo, Mikhail descobriu que a mulher teria mudado de sexo e começou estrangula-la. Para encobrir o crime, desmembrou o corpo e deu descarga em outras partes e levou outras ao forno para tirar o excesso de líquido.

A polícia prendeu o médico ao encontrar partes do corpo em uma lixeira. Ele foi preso acusado de homicídio e mutilação. Se condenado pela leis da Rússia, ele pode pegar mais de 20 anos de prisão

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Alessandro Nuñes
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Incomodado com piercing da esposa, homem tenta tirar objeto à força e acaba na delegacia

Um homem foi parar na delegacia depois de tentar tirar à força o piercing da esposa a forç…