Inicial Notícias Internacional Mulher trans engravida detenta depois de dividirem cela feminina

Mulher trans engravida detenta depois de dividirem cela feminina

A descoberta da gravidez aconteceu dois meses depois de um homem autodeclarado mulher trans ter sido transferida da prisão masculina para a feminina.

O detendo que mudou de nome e se declarou mulher trans, após determinação da justiça, recebeu o direito de ser colocado em prisão feminina.

O caso aconteceu na cidade de Córdoba, na Argentina. No entanto, a justiça não esperava era que uma das detentas engravidaria.

O caso foi revelado pelo advogado Juan Gacitúa, em um programa de televisão argentino, “El show de la Mañana”.

“A lei é muito mais rápida do que a infraestrutura que o Estado pode fornecer”, disse o advogado. De acordo com ele, houve diversas reclamações de mulheres que se queixaram da presença da autodeclarada prisioneira, na cela feminina.

De acordo com as autoridades, Gabriel havia sido preso por violência contra mulher e após o ocorrido, um juiz decidiu soltá-lo.

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.