Na faixa azul, aposentada morre ap√≥s ser atropelada por √īnibus articulado.

42330

Mais uma vida é ceifada na Avenida Constantino Nery, há quem diga que essa terceira morte não signifique nada e que poderia ter sido em qualquer canto, há quem tenha o bom senso e saiba que de fato é mais uma vítima de um sistema de transporte falido e culpa de uma prefeitura omissa à população e que deverá pagar caro em ano de reeleição.

Mais quantas vidas serão levadas até que o Prefeito de Manaus tenha humildade de admitir que esse sistema é inviável no momento e que além de atrapalhar 90% dos usuários de transporte coletivo, afinal só beneficia alguns usuários de transporte coletivo, ele foi implantado de modo incoerente e inconsequente.

Abaixo a matéria do D24AM

Conforme a Cicom, o ve√≠culo articulado da linha 500 pertencente √† empresa Eucatur, trafegava na Faixa Azul e n√£o conseguiu frear a tempo. Foto: Jair Ara√ļjo
Conforme a Cicom, o ve√≠culo articulado da linha 500 pertencente √† empresa Eucatur, trafegava na Faixa Azul e n√£o conseguiu frear a tempo. Foto: Jair Ara√ļjo

Manaus – Um √īnibus articulado atropelou e matou, na tarde deste domingo (29), a aposentada Maria N√ļbia Silva Lima, de 75 anos. O acidente, segundo informa√ß√Ķes da 22¬™ Companhia Interativa Comunit√°ria (Cicom), ocorreu enquanto a aposentada atravessava a faixa de pedestres, na Avenida Constantino Nery, em frente √† Escola Estadual S√≥lon de Lucena.

Conforme a Cicom, o ve√≠culo articulado da linha 500 pertencente √† empresa Eucatur, trafegava na Faixa Azul e n√£o conseguiu frear a tempo. Maria N√ļbia √© a terceira pedestre atropelada na Avenida Constantino Nery desde a implanta√ß√£o da Faixa Azul.

Com suspeita de traumatismo, segundo o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscaliza√ß√£o do Tr√Ęnsito (Manaustrans), Maria N√ļbia foi encaminhada para o Pronto-Socorro Dr. Jo√£o Lucio, na zona leste da capital.

Conforme informa√ß√Ķes da assessoria de comunica√ß√£o da Secretaria de Estado da Sa√ļde (Susam), Maria N√ļbia chegou ao hospital com vida, mas bastante machucada. Por volta das 17h, a assessoria comunicou a morte da aposentada.

O condutor do √īnibus, Lindomar Ijuna da Rocha, de 32 anos, segundo informa√ß√Ķes da tenente da 22¬™ Cicom, Danielle Marinho, foi encaminhado √† delegacia da √°rea para prestar esclarecimentos.

‚ÄúSegundo o motorista e algumas testemunhas que estavam no local, o sinal estava verde para os ve√≠culos, mas um carro havia parado dando passagem para a senhora. Quando o motorista do √īnibus percebeu n√£o teve tempo para frear completamente e atingiu ela‚ÄĚ, informou a tenente.

Segundo uma das testemunhas do acidente, o vigilante Natanael Santana, de 53 anos, a aposentada foi arremessada a uma dist√Ęncia de cinco metros da faixa de pedestres.

Atropelamentos

At√© fevereiro deste ano, 31 pessoas morreram atropeladas, em Manaus. Em m√©dia, uma v√≠tima fatal a cada dois dias. De acordo com os dados da Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica (SSP), o n√ļmero √© superior a todo o ano de 2013, quando foram registrados 21 casos de v√≠timas fatais; e representa 38% das v√≠timas de atropelamento registradas no ano passado (82).

Somente neste ano, duas pessoas j√° morreram ap√≥s serem atropeladas na Avenida que possui a Faixa Azul, entre eles o aposentado Orinaldo Ferreira Lima, 59 que foi atropelado por um √īnibus do Bus Rapid System (BRS) de placa OAB 5615. O aposentado foi a segunda v√≠tima fatal atropelada na faixa exclusiva.

O médico urologista João Leandro de Oliveira, de 69 anos, também morreu após ser  atropelado na mesma via, mas desta vez o acidente ocorreu em frente ao Empório Santa Fé. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Na época, um táxi modelo Idea, de placa OAA-6768, estava envolvido no acidente, mas o motorista alegou que o responsável pelo atropelamento guiava outro veículo.

A SSP tamb√©m realiza o registro de acidentes n√£o fatais, em que a v√≠tima do atropelamento sofreu apenas les√Ķes corporais. Conforme os dados do √≥rg√£o, at√© fevereiro 2015, 41 pedestres ficaram lesionados ap√≥s colidirem com ve√≠culos na capital. Em todo ano passado, 283 pessoas ficaram na mesma situa√ß√£o.

Faixa Azul

Ap√≥s os dois primeiros acidentes, o corredor exclusivo de √īnibus na Avenida Constantino Nery passou a ter a velocidade m√°xima de 50 quil√īmetros por hora. De acordo com o Instituto Municial de Engenharia e Fiscaliza√ß√£o do Tr√Ęnsito (Manaustrans) a medida √© espec√≠fica na Faixa Azul e ‚Äúvisa garantir mais seguran√ßa vi√°ria‚ÄĚ.

Texto: Gisele Rodrigues e Jucélio Paiva

Coment√°rios