Não conformada de ficar fora da chapa PT-PSB, Vanessa tenta a todo custo atrapalhar o processo

600

Conhece aquele ditado : “O não eu já tenho, agora vou correr atrás da humilhação”. Caiu como uma luva para a senadora Vanessa Grazziotin (PC do B). Sem cansar de se humilhar, a Vanessa Grazziotin tentou mais uma cartada na véspera de começar as Eleições 2018.

A assessoria da senadora, candidata à reeleição, informou que na noite desta quarta (15), último dia de prazo da Justiça Eleitoral para o pedido de registro de candidaturas, que uma nova chapa vem aí : “O povo feliz de novo”. Que seria uma chapa entre o PT e o PC do B. Inclusive, essa chapa chegou a ser registrada no TRE-AM.

Na cabeça dela, o nome pra disputa do Governo seria o da ex-vereadora Lúcia Antony e que o PT indicaria o vice, assim como fez com o PSB.

Para o seu marido, o presidente estadual do PC do B, Eron Bezerra, mesmo ele falando que preferiria se aliar com o diabo do que apoiar o David Almeida (PT), o ex-deputado estadual disse que “as tratativas para o partido participar da aliança com PT e PSB continuam”. Ou seja, outro que não cansa de se humilhar e querer entrar no jogo.

Vanessa afirmou que mesmo sozinha e com apenas sete segundos de tempo na propaganda na TV, o PCdoB não vai abrir mão da sua candidatura.

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).
A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

Comentários