Inicial Notícias Política Nem o sol escaldante de Manaus foi capaz de afastar os manifestantes que tomaram a Avenida Djalma Batista

Nem o sol escaldante de Manaus foi capaz de afastar os manifestantes que tomaram a Avenida Djalma Batista

Na tarde desta terça-feira (2) um grupo de manifestantes pró-democracia foram as ruas de Manaus contra o fascismo e gritando palavras de ordem contra o Presidente Jair Bolsonaro. O ato pacífico saiu do Posto 700, localizado na avenida Djalma Batista, na Zona Centro-Sul de Manaus e marchou em direção à Arena da Amazônia.

Durante a manifestação chamada de “Amazonas Pela Democracia“, os manifestantes pediam a preservação da Amazônia e que a sociedade entre na luta contra o racismo. Em voz alta, também foram ditas as regras de segurança que deveriam ser mantidas ao longo do percurso, inclusive com o distanciamento de 1,5m, seguindo as recomendações internacionais de saúde da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Encenação durante a manifestação / Divulgação

Outra solicitação feita pelos organizadores, é que os manifestantes não caíssem em tentação de responder quem se posicionasse o contrário, para que não manchassem o histórico movimento que é o maior até o momento contra o presidente Jair Bolsonaro, realizado em Manaus.

A manifestação ocorreu tranquila e calma e nem o sol escaldante de Manaus foi capaz de afastar os manifestantes que tomaram a Avenida Djalma Batista.

Foto : Divulgação Internet

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta