No Amazonas, homem finge ser juíza e tenta aplicar golpe de R$ 50 mil em detento

15

A polícia prendeu um estudante de direito, 26 anos, suspeito de se passar por uma juíza e tentar aplicar golpe usando um aplicativo de celular para cobrar R$ 50 mil de um detento para libertá-lo. A ação criminosa aconteceu na última sexta-feira (2/3), mas somente foi divulgada no sábado (3/3).

No Amazonas, homem finge ser juíza e tenta aplicar golpe de R$ 50 mil em detento - Imagem: Divulgação
No Amazonas, homem finge ser juíza e tenta aplicar golpe de R$ 50 mil em detento – Imagem: Divulgação

O infrator foi preso na própria residencia, localizada no bairro de São Francisco, Zona Sul de Manaus. Segundo informações da polícia o homem é acadêmico de Direito e fazia estagio em um escritório jurídico.

O suspeito ainda teria tentado aplicar outro golpe oferecendo serviços advocatícios para o dono de uma autoescola, que registrou um boletim de ocorrência denunciando o crime.

As investigações iniciaram após a esposa de um preso da Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) denunciar à uma juíza que o estudante estaria usando um perfil falso da magistrada em um aplicativo de mensagens de celular.

A magistrada então comunicou o caso para a Corregedoria do Tribunal de Justiça, Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e Delegacia Geral.

O suspeito foi indiciado por estelionato e deverá ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Comentários