Home Entretenimento Humor Nossa velha infância – Brincadeiras antigas no Amazonas

Nossa velha infância – Brincadeiras antigas no Amazonas

6 min - tempo de leitura
1,278

Post especial para a galera que nasceu até 1990. Pra Quem Nasceu Até 1990, saiba que fomos :

  • Os últimos que aprenderam a brincar na rua e os primeiros a jogar videogame e assistir a TV em cores.
  • Os últimos a gravar músicas direto do rádio em fita cassete e os primeiros a ouvir cds e mp3.
  • Os últimos a regular, gravar e ver filmes nos vídeo-cassetes e os primeiros a ver filmes em DVD e Blu-Ray em HD.
  • Os últimos a usar o bate papo da UOL para fazer novos amigos e os primeiros a usar o ICQ, MSN, mIRC. (/join #manaus)

  • Os últimos a andar sem cinto nos carros dentro da cidade sem radares e os primeiros a ver carros movidos à Etanol.
  • Os últimos a responder caderno de perguntas e os primeiros a usar celular e Facebook.
  • Os últimos a assistir TV aberta com desenhos, séries e até novelas que valiam a pena, e os primeiros a assistir… é…humm!!.. O que passa de bom na TV mesmo?
  • Os últimos (e um dos primeiros) a usar modem discado após as 00:00h para economizar telefone. (muitas madrugadas em claro).
  • Os últimos (e um dos primeiros) a ir no Studio Play (até uma cobra picar  uma criança na piscina de bolinhas).
  • Os últimos a receber cartas pelo correio e os primeiros a enviar e receber e-mails.
  • Os últimos a brincar de carrinho e bonecas até os 14 anos e os primeiros a votar com 16 anos.
  • Os últimos a ver kinderovo vendido a 1 real e os primeiros a ver a popularidade do cartão de crédito (e muitos inadimplentes).

Pensando nessa nostalgia, gostaria de propor pra vocês uma rua de lazer? Para nós relembramos brincadeiras da nossa infância, barra bandeira, gemerson, tacobol, queimada etc.

Aqui vou colocar a explicação pra essas brincadeiras para que quem nasceu até os anos 2000 possa entender e de repente até participar conosco, embora eles sejam café com leite 😀

 

Nossa velha infância – Brincadeiras antigas no Amazonas
Nossa velha infância – Brincadeiras antigas no Amazonas

Gemerson

O que precisa:

  • 5 pinchas
  • 1 bola (dente de leite :p )
  • Pelo menos 8 pessoas (2 times de 4 pessoas)
  • Um campo
Como jogar gemerson
Como jogar gemerson

Como se brinca:

  • Posicionam-se todas as pinchas empilhadas no quadrado central;
  • Cada equipe se posiciona atrás das linhas marcadas;
  • 1 tentativa para cada equipe de jogar a bola e espalhar as pinchas;
  • Quando uma equipe acerta as pinchas, então o jogo de corrida e estratégia começa;
  • A equipe que derrubou as pinchas ganha se conseguir arrumar as 5 pinchas nos 5 quadrados e gritar: GEMERSON!
  • A equipe que não derrubou as pinchas ganha se conseguir “matar” com a bola, todos os membros da outra equipe antes deles completarem o germeson;

 

Parou Feijão

O que precisa:

  • 1 bola (dente de leite :p )
  • Pelo menos 6 pessoas (cada qual por si)
  • Um campo
Como jogar parou feijão
Como jogar parou feijão

Como se brinca:

  • Posicionam-se todos dentro do feijão;
  • Cada um dos participantes recebe um nome (ou nome de país, ou de cor, ou de cidade, um grupo de nomes a serem combinados)
  • A pessoa que inicia, se posiciona ao centro e grita um dos nomes, enquanto isso ela joga a bola de costas (pra trás, por cima da cabeça);
  • A pessoa que teve o seu nome gritado corre para pegar a bola, enquanto o restante corre na direção oposta;
  • Ao pegar a bola, a manja grita : PAROU FEIJÃO!
  • Nisso, todos os “feijões” tem que parar onde estão!
  • A manja tem 7 passos (se combina antes do início) para matar alguém.
  • A manja toma distância e dá 7 saltos a distância tentando chegar o mais longe possível!
  • Quando completa os 7 passos, a manja pode ou “atirar” contra um dos “feijões” e matá-lo, ou, bater a bola no chão.
  • Se a manja acertar um feijão, esse feijão será a nova manja.
  • Se a manja bater a bola no chão, então todos podem correr.
  • Vence quem conseguir voltar pro feijãozão.
  • Perde quem for a manja e não conseguir matar ninguém.

 

Barra Bandeira

Como jogar Barra Bandeira
Como jogar Barra Bandeira

 

Peteca (turiti e ronda)

Peteca (turiti e ronda)
Peteca (turiti e ronda)

Tacobol

Tacobol
Tacobol

Queimada ou Cemitério

  Queimada ou Cemitério
Queimada ou Cemitério

Golzinho

Golzinho
Golzinho
Regras de Golzinho
Regras de Golzinho

Cabo de Guerra

Cabo de Guerra
Cabo de Guerra

Pular Elástico

 

Pular Elástico
Pular Elástico

Manja se esconde (com garrafa pet)

Manja se esconde (com garrafa pet)
Manja se esconde (com garrafa pet)

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Humor

20 Comentários

  1. Yanda Silva

    9 de julho de 2013 at 14:12

    Faltou acrescentar na lista 07 PECADOS, batalha, polícia e ladrão, boca de forno, STOP, passarinho no ninho, cobra no buraco, jogar peão, papagaio, curica, rsrs fiz muito peitoral. A moçada se reunia pra ir tirar tala de najá no mato pra fazer papagaio. Elástico, meu Deus, brinquei demais disso! Brincar de macaca ou amarelinha, geloucos coca-cola (coleção), caiu no poço, éééé´´eéé´´eéééé´´ééé´guaaaaaaa meu, muita brincadeira bacana!

  2. Yanda Silva

    9 de julho de 2013 at 14:34

    Esqueci de mencionar também, que quando eu jogava tacobol a gente saía pela vizinhança procurando LATA DE ÓLEO SINHÁ! Sim, meus alunos ficaram surpresos porque não sabiam que óleo um dia já foi vendido em lata. O bacana de jogar para acertar nas latas era pra medir a força com que a bola foi arremessada: o objetivo era não usar a mesma lata na próxima vez. A magia do jogo, a brincadeira nos fazem pessoas melhores, mais felizes, flexíveis numa sociedade tão marcada pelas desigualdades sociais, pelos conflitos violentos desnecessários. Na brincadeira é possível observamos o comportamento de nossas crianças, que atitudes estão assumindo para si, que valores estamos reforçando. Esclarecendo àqueles que acreditam ser a atividade motora desprovida de raciocínio, a educação física só tem sentido se trabalhar constantemente sobre o tripé: COGNITIVO-MOTOR-AFETIVO E SOCIAL; "quem está no jogo, faz o jogo!". A pergunta é: quem nossas crianças são no jogo? Quem nós somos no jogo?CEsse conceito de jogo não fique restrito as aulas de educação física, uma vez que essa atividade perderia o sentido para os jovens que já não estão no ambiente escolar. E nova pergunta cabe aqui: Qual o jogo mais dinâmico que você conhece? Eu vou arriscar um palpite… a vida.

  3. Yanda Silva

    9 de julho de 2013 at 14:34

    Esqueci de mencionar também, que quando eu jogava tacobol a gente saía pela vizinhança procurando LATA DE ÓLEO SINHÁ! Sim, meus alunos ficaram surpresos porque não sabiam que óleo um dia já foi vendido em lata. O bacana de jogar para acertar nas latas era pra medir a força com que a bola foi arremessada: o objetivo era não usar a mesma lata na próxima vez. A magia do jogo, a brincadeira nos fazem pessoas melhores, mais felizes, flexíveis numa sociedade tão marcada pelas desigualdades sociais, pelos conflitos violentos desnecessários. Na brincadeira é possível observarmos o comportamento de nossas crianças, que atitudes estão assumindo para si, que valores estamos reforçando. Esclarecendo àqueles que acreditam ser a atividade motora desprovida de raciocínio, a educação física só tem sentido se trabalhar constantemente sobre o tripé: COGNITIVO-MOTOR-AFETIVO E SOCIAL; "quem está no jogo, faz o jogo!". A pergunta é: quem nossas crianças são no jogo? Quem nós somos no jogo? Esse conceito de jogo não fique restrito as aulas de educação física, uma vez que essa atividade perderia o sentido para os jovens que já não estão no ambiente escolar. E nova pergunta cabe aqui: Qual o jogo mais dinâmico que você conhece? Eu vou arriscar um palpite… a vida.

  4. Bruno Barreto

    10 de julho de 2013 at 00:51

    Muito sabida, você, menina.

  5. Tempo De Arrependimento

    25 de fevereiro de 2015 at 22:05

    Minha nossa! essa foi a melhor parte da minha vida até agora, não precisava de dinheiro e tecnologia, bastava ter pernas ligeiras e muita imaginação.

  6. Nayara Scapini

    5 de março de 2015 at 16:03

    Minhas prediletas eram queimada e gemerson…aaahhh saudade! Lincoln Ribeiro Marcelo Eyner
    #nostalgia

  7. Madalena Lima

    27 de abril de 2015 at 23:23

    Anos 90….Direto do tunil do tempo. Nostalgia!

  8. Lore Magnata

    29 de abril de 2015 at 01:38

    Nuuuunca brinquei de gemerson.
    Tem que desenhar esse quadrado no chão?
    Vou jogar lá na faculdade aushaushauhsh

  9. Regiara Miranda

    27 de junho de 2015 at 12:37

    Essa infância sim foi saldavel eu brinquei de quase todas na minha infância.

  10. Valdez Macedo Santos

    4 de agosto de 2015 at 15:19

    Que tempo bom! , que não volta nunca maaaais…. Música kkkkkk tempo bom mesmo eu brinquei com todas aí e outras mais….

Deixe uma resposta

Leia Também

Amazonino não se lembra de ter vendido a Cosama.”Não me lembro”

Nesta quarta-feira (25/11), o candidato a prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (Podemos), …