Home Notícias Polícia Número de roubos cai 9,5% nos últimos dois meses, dis SSP-AM

Número de roubos cai 9,5% nos últimos dois meses, dis SSP-AM

5 min - tempo de leitura
14

Mais abordagens policiais e grandes operações integradas do sistema de segurança estão refletindo positivamente na redução da criminalidade em Manaus. Pelo segundo mês consecutivo, o número de roubos caiu na capital amazonense, conforme indicadores da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). Em janeiro e fevereiro, foram notificados 6.777 roubos na cidade, uma redução de 9,5% na comparação com igual período do ano passado.

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Desde janeiro, o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, determinou que a Polícia Militar realizasse mais abordagens nas ruas e intensificasse as ações policiais conforme o levantamento da mancha criminal dos bairros. Na parte da polícia judiciária, grandes operações integradas para cumprir mandados de prisão, busca e apreensão com base em investigações e nas denúncias feitas pela população.

“Nosso objetivo é tolerância zero, é devolver tranquilidade na cidade de Manaus e no Estado do Amazonas. Para nós, a ordem é prender todos que estiverem infringindo a lei. Estamos reduzindo vários indicadores. O efetivo é o mesmo, os meios também, mas estamos buscando novas maneiras de fazer policiamento para melhorar a segurança da população. As viaturas terão de abordar todos os carros e pessoas suspeitas”, disse Bonates.

Além da queda no número de roubos, Manaus também registrou redução de 50% no número de latrocínios e, em fevereiro, teve o menor número de homicídios dos últimos cinco anos, com queda de 20%.

Uma das regiões com maior registro de casos, a zona leste teve ações intensificadas, segundo o delegado Edney Farias, titular da Seccional Leste. Agora, há metas semanais de cumprimento de mandado de prisão e apreensão, além da realização de operações como Pilar 1,2 e 3, operação Laborum Meta. Durante os dois meses de trabalho, só na seccional foram cumpridos cem mandados.

“Estamos semanalmente focados nessas metas e as investigações foram potencializadas. As outras delegacias da área estão focadas em investigar crimes de roubo, tráfico de drogas, e vem conseguindo dar uma resposta rápida. Cada DIP (Delegacia Interativa de Polícia) tem metas a cumprir”, disse.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

De acordo com o tenente-coronel Keliton Rodrigues, comandante do Comando de Policiamento de Área (CPA) Norte, todos os dias os policiais militares efetuam cerca de uma a três prisões de indivíduos envolvidos com roubos na área. Para isso, o comandante analisa os números da mancha criminal e envia as viaturas para locais com maior número de ocorrências.

“Estamos com várias operações na área norte, entre elas a ‘Rota Segura’, ‘Saturação’ em área comercial, operações ‘Presença’ e ‘Catraca’, que visa reduzir número de roubos de coletivos”, informou.

O comandante disse, ainda, que em fevereiro policiais militares da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e 6ª Cicom realizaram a prisão de duas quadrilhas, uma que vinha cometendo assaltos em coletivo e outra que vinha roubando moradores da área da Torquato Tapajós e, após as prisões, as ocorrências caíram significativamente na área.

Conforme o delegado Jeff MacDonald, titular da Seccional Norte, os policiais civis estão focados em investigar o modus operandi, perfil criminal e as áreas que certos criminosos e quadrilhas agem, para assim, prender os suspeitos.

“Os maiores casos de roubos são de celulares e em ônibus coletivo. Estamos fazendo levantamento por meio de Boletim de Ocorrência (B.O) e fazendo as investigações”, disse.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Nickson Maciel
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Alunos nordestinos fazem saudação nazista em sala de aula e são suspensos pela direção

Um grupo de adolescentes de 17 anos  do Colégio Santa Maria, um dos mais tradicionais da r…