O mist√©rio por tr√°s de Momo, o Dem√īnio do WhatsApp

1312

Um suposto dem√īnio que est√° assustando usu√°rios do WhatsApp, viralizou nas redes sociais. A Momo, uma figura bizarra com olhos arregalados e boca excessivamente curvil√≠nea, seria um perfil de um esp√≠rito maligno, que sabe dados da pessoa com quem entra em contato e fala v√°rios idiomas. Por√©m, o que come√ßou como uma brincadeira pode representar um perigo real: um golpe na web.

O mist√©rio por tr√°s de Momo, o Dem√īnio do WhatsApp - Imagem: Divulga√ß√£o
O mist√©rio por tr√°s de Momo, o Dem√īnio do WhatsApp – Imagem: Divulga√ß√£o

A brincadeira funciona da seguinte forma: voc√™ recebe uma liga√ß√£o, atrav√©s do WhatsApp, do n√ļmero atribu√≠do a Momo (+81 345102539) ou liga para ela, e a voz do outro lado da linha sabe dados, como o seu nome e o pa√≠s onde voc√™ mora. O fato assustador se popularizou em todo o mundo e est√° em alta tamb√©m no Brasil; nomes como a atriz Maysa Silva e o youtuber Felipe Neto j√° fizeram piadas sobre o caso.

O DDD +81 √© origin√°rio do Jap√£o e a figura da Momo √© a foto da escultura ‚ÄúMulher P√°ssaro‚ÄĚ, que faz parte do acervo do Museu Vanilla Gallery, em T√≥quio. Al√©m disso, internautas que entraram em contato com a Momo relataram que o n√ļmero em quest√£o faz amea√ßas, envia v√≠rus, v√≠deos e fotos assustadoras, al√©m de propor um desafio do tipo Baleia Azul. Esses fatos aumentaram os rumores de que a Momo, na verdade, pode ser um bot capaz de roubar dados do usu√°rio.

Segundo Alex Brand√£o, desenvolvedor web da ag√™ncia Top na M√≠dia, a lenda da Momo pode se tratar de um golpe de engenharia social para conseguir dados pessoais de usu√°rios. “√Č preciso evitar abrir ou interagir com mensagens ou e-mails desconhecidos recebidos a partir do contato com o n√ļmero da Momo”, aponta.

J√° o consultor para neg√≥cios da Inquietos Marketing Digital Ronier Perdizio frisa que para n√£o ter os dados roubados os usu√°rios do WhatsApp devem manter suas informa√ß√Ķes privadas, al√©m de evitar conversas com n√ļmeros desconhecidos. “Tamb√©m n√£o clique em links enviados pelo aplicativo sem saber se ele √© confi√°vel. Se tiver d√ļvida, melhor n√£o clicar”, conclui.

A corretora de im√≥veis Simone Ferreirah, de 43 anos, contou que a filha de 17 anos recebeu uma liga√ß√£o da ‘Momo do Whatsapp’. “Foi na semana passada, eram cerca de 22h, e como minha filha ficou com muito medo. Eu atendi”, disse ela, que √© moradora de S√£o Paulo.

“A liga√ß√£o √© chiada, n√£o d√° para ouvir nada. Eu logo comecei a xingar, perguntei se n√£o tinha o que fazer”.

O n√ļmero do prefixo 81, no entanto, retornou outras duas vezes. “Na √ļltima, uma voz meio rouca falou em portugu√™s ‘eu sei onde voc√™ est√°’. Eu desliguei e bloqueei o n√ļmero”, relatou Simone, que acrescentou n√£o ter ficado com medo.

“N√£o √© fantasma nenhum. Se der aten√ß√£o a√≠ sim v√£o puxar os seus dados, a pessoa acaba se autodelatando de nervoso. N√£o sei dizer se √© um v√≠rus para hackear usu√°rios, mas est√° gerando p√Ęnico entre os adolescentes”, acrescentou Simone.

Coment√°rios