Opera√ß√£o‚ÄėMaus Caminhos‚Äô: mais de R$ 112 milh√Ķes desviados da Sa√ļde em esquemas de fraudes

14

Na manh√£ desta ter√ßa-feira (20/9), foi deflagrada pela Policia Federal, a Opera√ß√£o ‚ÄėMaus Caminhos‚Äô, que investiga uma¬†organiza√ß√£o criminosa especializada no desvio de recursos p√ļblicos do Fundo Estadual de Sa√ļde do Amazonas. A PF estima que R$ 112 milh√Ķes foram desviados em esquema de fraudes.

Est√£o sendo cumpridos: 13 mandados de pris√£o preventiva, 4 mandados de pris√£o tempor√°ria, 3 condu√ß√Ķes coercitivas, 41 mandados de busca e apreens√£o, 24 mandados de bloqueios de contas de pessoas f√≠sicas e jur√≠dicas (aproximadamente R$ 30 milh√Ķes) e 31 mandados de sequestro de bens m√≥veis e im√≥veis (aproximadamente R$ 50 milh√Ķes), todos expedidos pela Justi√ßa Federal do Amazonas.

Segundo a PF, A¬†organiza√ß√£o investigada utilizava uma entidade social sem em fins lucrativos identificada como Instituto Novos Caminhos (INC) para fugir dos procedimentos licitat√≥rios regulares e permitir a contrata√ß√£o direta de empresas prestadoras de servi√ßos de sa√ļde.

Em 2014, a entidade recebeu qualifica√ß√£o do governo do Estado do Amazonas para administra√ß√£o das unidades sa√ļde UPA Campos Sales, em Manaus, Centro de Reabilita√ß√£o em Depend√™ncia Qu√≠mica ‚Äď CRDQ, em Rio Preto da Eva e a UPA 24 Horas e Maternidade Enfermeira Celina Villacrez Ruiz, em Tabatinga.

Foram cerca de R$ 220 milh√Ķes, nos dois √ļltimos anos, em recursos p√ļblicos destinados √† sa√ļde do Amazonas foram repassados √† referida institui√ß√£o (aproximadamente 25% do total de recursos do Fundo Estadual de Sa√ļde do Amazonas no mesmo per√≠odo).

Durante¬†auditoria inicial realizada pela Controladoria Geral da Uni√£o ‚Äď CGU, surgiram ind√≠cios de que o INC contratava as empresas Total Sa√ļde, Simea e Salvare para desviar altas parcelas desses recursos.

Ent√£o¬†ficou constado que o INC funcionava nas mesmas instala√ß√Ķes das empresas contratadas, deixando claro que todas pertenciam ao grupo criminoso. Ficou evidente que os servi√ßos, eram praticados com valores superfaturados, al√©m de casos de pagamentos em duplicidade e de servi√ßos pagos que nunca foram feitos.

O dinheiro tirado da sa√ļde servia para aquisi√ß√£o de bens m√≥veis e im√≥veis de alto padr√£o, como mans√Ķes, ve√≠culos importados de luxo e at√© mesmo um avi√£o a jato e um helic√≥ptero, que ser√£o apreendidos e/ou sequestrados pela PF.

At√© o momento a Secretaria de Estado da Sa√ļde (Susam) n√£o se pronunciou sobre as irregularidades envolvendo o Fundo Estadual da Sa√ļde apontadas pela Pol√≠cia Federal.

Opera√ß√£o‚ÄėMaus Caminhos‚Äô: mais de R$ 112 milh√Ķes desviados da Sa√ļde em esquemas de fraudes
Opera√ß√£o‚ÄėMaus Caminhos‚Äô: mais de R$ 112 milh√Ķes desviados da Sa√ļde em esquemas de fraudes

Fonte: Assessoria de Impresa

Coment√°rios