Home Notícias Internacional Padrasto força enteado a ficar ajoelhado por 9 horas no milho e o pior acontece

Padrasto força enteado a ficar ajoelhado por 9 horas no milho e o pior acontece

2 min - tempo de leitura
1,060

Sergey Kazakov, de 35 anos, obrigou seu enteado a ficar ajoelhado em uma pilha de milho por 9 horas. O padrasto teria punido o garoto, por ele ter chegado tarde em casa. Mas agora, o menino tem que passar por uma cirurgia para retirar as sementes.

Devido ao tempo que o garoto ficou ajoelhado, as sementes entranharam no menino que ainda levou puxões de cabelos e chutes do padrasto, durante o castigo. A mãe do garoto, Alina Yumasheva, mãe do garoto, disse que o castigo foi aprovado por ela e que a ideia de colocá-lo de joelhos surgiu depois de uma pesquisa na internet. “Eu mesmo verifiquei e montei um experimento. Ajoelhei-me. Isso não me machucou, então ele (Kazakov) foi autorizado a aplicar a punição”, relatou ela para o jornal “Komsomolskaya Pravda”.

Foto: Divulgação/Polícia

Algumas testemunhas falaram que os grãos eram como “lixa áspera” e que o menino chorava de dor enquanto era chutado pelo padrasto. Kazavok disse para as autoridades que esta foi a primeira vez que puniu o garoto, no entanto, os vídeos encontrados em seu telefone comprovam o contrário.

A punição terminou quando o menino fugiu e pediu ajuda para uma vizinha, que chamou os médicos. Agora, o casal está passando por um julgamento na cidade de Omsk e eles já são investigados por tortura. Kazakov foi preso sob custódia e está impedido de sair de casa enquanto aguarda as investigações.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Emerson Tahan
Carregar Mais Em Internacional

Deixe uma resposta

Leia Também

Em Manaus, 56 estabelecimentos são vistoriados pela Central de Fiscalização e dez são fechados

Em uma nova ação da Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de…