Inicial Notícias Internacional Padrasto força enteado a ficar ajoelhado por 9 horas no milho e o pior acontece

Padrasto força enteado a ficar ajoelhado por 9 horas no milho e o pior acontece

1 minuto de leitura
862

Sergey Kazakov, de 35 anos, obrigou seu enteado a ficar ajoelhado em uma pilha de milho por 9 horas. O padrasto teria punido o garoto, por ele ter chegado tarde em casa. Mas agora, o menino tem que passar por uma cirurgia para retirar as sementes.

Devido ao tempo que o garoto ficou ajoelhado, as sementes entranharam no menino que ainda levou puxões de cabelos e chutes do padrasto, durante o castigo. A mãe do garoto, Alina Yumasheva, mãe do garoto, disse que o castigo foi aprovado por ela e que a ideia de colocá-lo de joelhos surgiu depois de uma pesquisa na internet. “Eu mesmo verifiquei e montei um experimento. Ajoelhei-me. Isso não me machucou, então ele (Kazakov) foi autorizado a aplicar a punição”, relatou ela para o jornal “Komsomolskaya Pravda”.

Foto: Divulgação/Polícia

Algumas testemunhas falaram que os grãos eram como “lixa áspera” e que o menino chorava de dor enquanto era chutado pelo padrasto. Kazavok disse para as autoridades que esta foi a primeira vez que puniu o garoto, no entanto, os vídeos encontrados em seu telefone comprovam o contrário.

A punição terminou quando o menino fugiu e pediu ajuda para uma vizinha, que chamou os médicos. Agora, o casal está passando por um julgamento na cidade de Omsk e eles já são investigados por tortura. Kazakov foi preso sob custódia e está impedido de sair de casa enquanto aguarda as investigações.

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.