Página no Facebook tenta denegrir Capitão Alberto Neto e sofre retaliação de internautas

406

Na manhã deste sábado (9/12), por volta das 6h da manhã, a página de notícias Plantão do Amazonas publicou uma imagem com intuito de colocar a população, praças e soldados contra o Capitão da Polícia Militar do Amazonas, Alberto Neto, atualmente na Força Tática.

A publicação do Plantão do Amazonas ficou no ar somente algumas horas, tempo suficiente para revoltar internautas que retalharam a atitude da página com uma chuva de comentários em apoio ao Capitão Alberto Neto, repudiando a ação do portal em tentar denegrir a imagem do mesmo.

A postagem trazia uma imagem criada originalmente na fanpage Capitão do Amazonas , acrescentando críticas sobre a atuação do oficial da Força Tática, desmerecendo o serviço prestado à sociedade.

Postagem do Plantão do Amazonas recebeu milhares de comentários repudiando o ataque ao Capitão Alberto Neto – Imagem: Reprodução

 

A imagem, publicada originalmente na fanpage memística “Capitão do Amazonas“, viralizou nos grupos de whatsapp e Facebook e tem arrancado risos e apoio de simpatizantes do oficial.

A página criada em 28 de agosto, já conta com mais de 13.191 seguidores no Facebook em apoio ao capitão Alberto Neto. Vale ressaltar, que de acordo com informações na própria fanpage, a página é feita por fãs e admiradores do Oficial, com referências em páginas nacionais como as fanpages: Bolsonaro Opressor 2.O e Time Ciro Gomes, que brincam com memes e ataques.

Tentamos contato com administradores da fã page Plantão Amazonas para saber o motivo da remoção do conteúdo, mas sem sucesso.

Nossa equipe entrou em contato com o Capitão Alberto Neto, para que ele comentasse sobre o ocorrido e ele conseguiu nos responder ainda a pouco, pois passou o dia em ocorrência com a força tática logrando êxito e fechamento mais uma boca de fumo na zona sul de Manaus.

O capitão disse que ficou sabendo da publicação através de grupo de Whatsapp e nos afirmou que utiliza a ferramenta das redes sociais para aproximar a população do trabalho da polícia, e assim mostrar a transparência do trabalho da Polícia Militar, procurando mudar a visão da imagem ruim que a sociedade tem do policial.

Fico triste em ver essas páginas sensacionalistas querendo trazer a discórdia entre praças e oficiais, e temos lutado há muito tempo para acabar com isso. Mostrando que cada um tem o seu papel importante para sociedade. Quem faz esse tipo de conteúdo com certeza não sabe o que está escrevendo. Não me conhece e não conhece a nossa tropa. Aqui, somos uma família, onde oficiais e praças estão lado a lado e entram e saem juntos nessa guerra diuturnamente” comentou o capitão da PM.

O policial conclui: “Creio muito na união, para que a gente possa viver dias melhores com investimento em segurança pública. Eu fico muito triste neste tipo de conteúdo, mas não perco tempo com picuinhas. Prefiro demonstrar o meu melhor todos os dias com meus valorosos companheiros na rua e prendendo esses criminosos.”

Não satisfeita, no inicio da tarde deste sábado, uma nova publicação no Plantão do Amazonas que mostra uma operação da Força Tática a página voltou a atacar implicitamente o capitão da polícia e  até sugerir uma separação entre praças e oficiais. E novamente recebeu milhares de comentários de internautas criticando a atitude da pagina e apoiando a todos os policiais independente de patente.

Comentários