Página no Facebook tenta denegrir Capitão Alberto Neto e sofre retaliação de internautas

395

Na manhã deste sábado (9/12), por volta das 6h da manhã, a página de notícias Plantão do Amazonas publicou uma imagem com intuito de colocar a população, praças e soldados contra o Capitão da Polícia Militar do Amazonas, Alberto Neto, atualmente na Força Tática.

A publicação do Plantão do Amazonas ficou no ar somente algumas horas, tempo suficiente para revoltar internautas que retalharam a atitude da página com uma chuva de comentários em apoio ao Capitão Alberto Neto, repudiando a ação do portal em tentar denegrir a imagem do mesmo.

A postagem trazia uma imagem criada originalmente na fanpage Capitão do Amazonas , acrescentando críticas sobre a atuação do oficial da Força Tática, desmerecendo o serviço prestado à sociedade.

Postagem do Plantão do Amazonas recebeu milhares de comentários repudiando o ataque ao Capitão Alberto Neto РImagem: Reprodução

 

A imagem, publicada originalmente na fanpage mem√≠stica “Capit√£o do Amazonas“, viralizou nos grupos de whatsapp e Facebook e tem arrancado risos e apoio de simpatizantes do oficial.

A p√°gina criada em 28 de agosto, j√° conta com mais de 13.191 seguidores no Facebook em apoio ao capit√£o Alberto Neto. Vale ressaltar, que de acordo com informa√ß√Ķes na pr√≥pria fanpage, a p√°gina √© feita por f√£s e admiradores do Oficial, com refer√™ncias em p√°ginas nacionais como as fanpages: Bolsonaro Opressor 2.O e Time Ciro Gomes, que brincam com memes e ataques.

Tentamos contato com administradores da f√£ page Plant√£o Amazonas para saber o motivo da remo√ß√£o do conte√ļdo, mas sem sucesso.

Nossa equipe entrou em contato com o Capitão Alberto Neto, para que ele comentasse sobre o ocorrido e ele conseguiu nos responder ainda a pouco, pois passou o dia em ocorrência com a força tática logrando êxito e fechamento mais uma boca de fumo na zona sul de Manaus.

O capitão disse que ficou sabendo da publicação através de grupo de Whatsapp e nos afirmou que utiliza a ferramenta das redes sociais para aproximar a população do trabalho da polícia, e assim mostrar a transparência do trabalho da Polícia Militar, procurando mudar a visão da imagem ruim que a sociedade tem do policial.

Fico triste em ver essas p√°ginas sensacionalistas querendo trazer a disc√≥rdia entre pra√ßas e oficiais, e temos lutado h√° muito tempo para acabar com isso. Mostrando que cada um tem o seu papel importante para sociedade. Quem faz esse tipo de conte√ļdo com certeza n√£o sabe o que est√° escrevendo. N√£o me conhece e n√£o conhece a nossa tropa. Aqui, somos uma fam√≠lia, onde oficiais e pra√ßas est√£o lado a lado e entram e saem juntos nessa guerra diuturnamente” comentou o capit√£o da PM.

O policial conclui:¬†“Creio muito na uni√£o, para que a gente possa viver dias melhores com investimento em seguran√ßa p√ļblica. Eu fico muito triste neste tipo de conte√ļdo, mas n√£o perco tempo com picuinhas. Prefiro demonstrar o meu melhor todos os dias com meus valorosos companheiros na rua e prendendo esses criminosos.”

Não satisfeita, no inicio da tarde deste sábado, uma nova publicação no Plantão do Amazonas que mostra uma operação da Força Tática a página voltou a atacar implicitamente o capitão da polícia e  até sugerir uma separação entre praças e oficiais. E novamente recebeu milhares de comentários de internautas criticando a atitude da pagina e apoiando a todos os policiais independente de patente.

Coment√°rios