Palacete Nery, A Casa do ex-Governador Silvério Nery

1757

O Palacete Nery é outro imóvel abandonado na capital amazonense. Outro dia passei lá para tirar algumas fotos e aproveitei para conversar com o pessoal da área para perguntar se eles sabiam por acaso o que era aquela mansão alí, abandonada, parte imunda com lixo tomando conta da porta principal, enquanto pelos fundos um ridículo estacionamento o termina de “matar” as memórias do prédio. Hoje o prédio encontra-se numa situação muito precária e sua aparência muito maltratada.

O pessoal me contou que naquele local funcionou antigamente um hotel chamado Bela Vista, e que também depois teria sido uma Escola. Sobre o Hotel Bela Vista sei que é verdade pois encontrei em um outro livro. Agora, quanto a essa possível escola, não sei dizer, porém não descarto a possibilidade! A única coisa que sei é que não sou historiador 🙂 e portanto tudo que eu escrevo é baseado no meu conhecimento ou em alguma coisa que vi, ouvi ou li.

Palacete Nery, Casa do ex-Governador Silvério Nery. Antigamente e hoje em dia.
Palacete Nery, Casa do ex-Governador Silvério Nery. Antigamente e hoje em dia.

Como a maioria das informações sobre os locais eu tive que encontrar na internet, assim que cheguei em Manaus nas férias de agosto fui correndo na livraria valer comprar livros sobre o Fausto Amazônico, sobre Arquitetura antiga da cidade de Manaus, sobre o que foi a bela época, pois apenas assim eu poderia ter certeza que o que eu lia na internet era verdadeira, afinal estava tudo ali, nos livros impressos.

Bem, estarei escrevendo baseado no livro do Otoni Mesquita – Manaus – História e Arquitetura (1852-1910).

O livro nos conta que o antigo Palacete Nery, onde, nos primeiros anos da década de 90 do século XX, funcionou o Hotel Bela-Vista, “é um imóvel residencial de aspecto neoclássico localizado na esquina da rua Miranda Leão com av. Joaquim Nabuco e, para esta avenida, volta-se sua face principal, composta por pavimento sobre porão alto, enquanto, na parte posterior da construção, ergue-se mais um andar. Na lateral interna, havia um jardim cuja área atualmente encontra-se acimentada.

Residência do Governador do Amazonas Silvério Nery. Projeto de Filinto Santoro e que pode situar sua chegada à Amazônia pela data na fachada, 1899.
Residência do Governador do Amazonas Silvério Nery. Projeto de Filinto Santoro e que pode situar sua chegada à Amazônia pela data na fachada, 1899.

As características gerais desta construção correspondem à descrição feita por Nestor Goulart (1987 p.46) sobre a nova maneira de ocupação do lote urbano, com inspiração eclética e que foi trazido para o Brasil pelas novas massas migradas.

Residencia do Governador do Estado Fonte: Álbum do Amazonas 1901-1902 Coleção: Jorge Herrán
Residencia do Governador do Estado
Fonte: Álbum do Amazonas 1901-1902
Coleção: Jorge Herrán

A fachada do prédio, apesar de malcuidada, mantém-se praticamente inalterada. Por ser de esquina, o rédio apresenta duas faces, atendendo ao requisito do Código de Posturas da época, assim como o uso do porão alto. Em sua face principal, a alvenaria é trata em rusticação, mas , na fachada lateral, este tratamento restringe-se ao porão e as duas pilastras. O porão apresenta treze janelas quadradas. A fachada principal apresenta cinco janelas de púlpito com vergas retas, sendo a do centro e as da extremidades coroadas por frontões triangulares. Sobre a cornija contendo friso é com tríglifos, ergue-se o frontão triangular contenduo uma cartela com tratamento manieirista e uma sinuosa ornamentação vegetal e uma cartela fixada sobre a platibanda da esquina ostenta a data de 1899.

Palacete Nery, A Casa do ex-Governador Silvério Nery
Palacete Nery, A Casa do ex-Governador Silvério Nery
Palacete Nery, A Casa do ex-Governador Silvério Nery
Palacete Nery, A Casa do ex-Governador Silvério Nery
Palacete Nery, A Casa do ex-Governador Silvério Nery
Palacete Nery, A Casa do ex-Governador Silvério Nery

Em 2009, o jornal “A Crítica”, publicou uma matéria denominada “PALACETE HISTÓRICO DA FAMÍLIA NERY ESTÁ À VENDA”, um trabalho da jornalista Ana Célia Ossame. Os proprietários do imóvel estão pedindo a bagatela de R$ 1,300 milhão.

O prédio situa-se na esquina da Avenida Joaquim Nabuco com a Rua dos Andradas, sob o numero 278. Foi construído no final do século 19, para abrigar a família do Governador Silvério José Nery (1900 a 1904).

O Palacete Nery pelos fundos.
O Palacete Nery pelos fundos.
Detalhes das Janelas do Palacete Nery pelos fundos.
Detalhes das Janelas do Palacete Nery pelos fundos.

Para o Robério Braga, Secretário Estadual de Cultura do Estado do Amazonas “O valor é inacessível e fora do mercado. Por ser tombado pelo patrimônio histórico municipal, não podendo, ser modificado em hipótese alguma, em nenhum de seus compartimentos. O Poder Público poderá desapropriá-lo futuramente”.

Estacionamento no fundo do Prédio Histórico abandonado pelo poder público
Estacionamento no fundo do Prédio Histórico abandonado pelo poder público
Estacionamento no fundo do Prédio Histórico abandonado pelo poder público
Estacionamento no fundo do Prédio Histórico abandonado pelo poder público

Segundo a Etelvina Garcia, historiadora amazonense “A casa foi construída com bom gosto e elegância da arquitetura neoclássica, inclusive tem o monograma da família, construído no frontispício. Apesar da deterioração, guarda uma beleza incomparável. O fato histórico importante é ter hospedado, em 1906, o primeiro presidente da república a vir no Amazonas – Afonso Pena veio para o lançamento da pedra fundamental do edifício da Alfândega”.

Fachada Frontal do Palacete Nery tentando resistir ao tempo.
Fachada Frontal do Palacete Nery tentando resistir ao tempo.
Prédio Histórico completamente abandonado. Palacete Nery, A Casa do ex-Governador Silvério Nery
Prédio Histórico completamente abandonado. Palacete Nery, A Casa do ex-Governador Silvério Nery

Espero que o ditador Robério Braga consiga negociar e resolva revitalizá-lo , afinal o prédio já está há mais de 3 décadas abandonado e ele como secretário estadual de cultura já são 18 anos…

Comentários

comentários

Loading...