Peixe ornamental do Amazonas tem Selo Verde, conquista única no mundo.

1

O Amazonas ganha um selo inédito no mundo, o IPG ( Indicação de Procedência Geográfica).

Peixes ornamentais dos
Municípios de Barcelos e Santa Isabel do Rio Negro, no Amazonas, conquistaram junto ao Instituto Nacional da Propriedade industrial (INPI) uma certificação inédita no mundo:
O “selo verde” com Indicação de Procedência Geográfica, concedida pela primeira vez, no mundo, a um organismo vivo.

Os selos de indicação geográfica só tinham sido liberados para objetos e produtos, como artesanatos, bebidas, carne, café, cachaça, queijo, champanhe etc.

Os peixes do Amazonas, da região do Rio Negro, são os primeiros organismos vivos em todo o mundo a receber essa indicação, graças ao empenho de várias entidades como a Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) e Projeto Piaba – Bio–AmazoniaConservationInternational (BAC).

Peixe ornamental do Amazonas tem Selo Verde conquista única no mundo. Orgulho para nossa região Norte
Peixe ornamental do Amazonas tem Selo Verde conquista única no mundo.
Orgulho para nossa região Norte

Os parceiros do processo investiram recursos financeiros, científicos e técnicos, como é o caso da Sepror. Além de recursos financeiros, a secretaria de produção rural investiu em apoio técnico através de sua Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura (SEPA). “Trata-se de uma importante certificação, que vai permitir a comercialização de forma legal dos peixes ornamentais da região do Rio Negro, beneficiando toda sua cadeia produtiva”, observa o secretário de Estado da Produção Rural, Valdenor Cardoso.

Peixe ornamental do Amazonas tem Selo Verde conquista única no mundo.  Orgulho para nossa região Norte
Peixe ornamental do Amazonas tem Selo Verde conquista única no mundo.
Orgulho para nossa região Norte

“Com essa certificação seremos capazes de proteger, organizar e tornar essa atividade sustentável. Através de formação e habilidade os piabeiros serão capazes de usar o selo de indicação para extração de peixes ornamentais e vendê-los para os compradores em todos os mercados, seguindo as normas de boas práticas de manejo na captura e pós-captura dos ornamentais”, destaca o Engenheiro de Pesca da SEPA, Radson Alves. A certificação é revalidada anualmente, através de um conselho regulador, formado por pessoas de diferentes áreas da cadeia produtiva. Com o uso do selo pode-se obter benefícios em diversos pontos como: econômicos, sociais, culturais, históricos, extrativistas, turismo, proteção ambiental, e muitos outros.

Conhecidos como piabeiros, pescadores agora vão trabalhar com os primeiros organismos vivos a ter selo do INPI.

Conhecidos como piabeiros, pescadores agora vão trabalhar com os primeiros organismos vivos a ter selo do INPI
Peixe ornamental do Amazonas tem Selo Verde conquista única no mundo.
Conhecidos como piabeiros, pescadores agora vão trabalhar com os primeiros organismos vivos a ter selo do INPI

‘Certificação vai fazer a diferença’

Os trabalhos de obtenção do selo foram coordenados pela economista do Projeto Piaba, a mestre Maria Inês MunariBalsan, do Rio Grande do Sul, que também conduziu o processo de certificação dos vinhos das serras gaúchas. O idealizador da IG foi o PhD Professor Ning Labbish e Scott Dowd, diretor atual do projeto. “O selo verde significa que o peixe tem viabilidade econômica, procedência, rastreabilidade, responsabilidade social, sustentabilidade etc. Essa Indicação de Procedência é uma conquista que vai fazer a diferença para o Brasil e para a preservação desta população local”, esclareceu Maria Inês, procuradora legal da certificação dos peixes ornamentais do Rio Negro.

Resumindo, as Indicações Geográficas dão ao produto uma identidade própria, uma vez que o nome utilizado estabelece uma ligação entre suas características e indica qualidade e reputação.
Geralmente, a Indicação Geográfica inclui o nome do local de origem das mercadorias, daí porque o selo dos Peixes Ornamentais ter o nome “Indicação de Procedência Rio Negro”.

Peixe ornamental do Amazonas tem Selo Verde conquista unica no mundo
Peixe ornamental do Amazonas tem Selo Verde conquista única no mundo

O selo é nacional, mas tem aceitação internacional por atender a esse exigente mercado internacional, que é cada dia mais criterioso quanto à importação de peixes ornamentais, uma vez que as barreiras sanitárias e de sustentabilidade ambiental da atividade estão entre os principais entraves da comercialização. As tentativas de obter a certificação são desde 2010, quando começaram as discussões sobre o selo. Em 2012 foi dada a entrada na solicitação da indicação. A expectativa é que a vigência do selo comece no segundo semestre de 2015. Enquanto isso, os piabeiros irão passar por capacitação.
Sinto-me muito orgulhosa pela magnifica conquista da minha região norte.

Comentários

comentários

Loading...