Pelad√£o amazonense

997

Manaus (EFE) ‚Äď O Amazonas n√£o tem uma estrela como Neymar em seus times, e apenas um deles est√° na quarta divis√£o do Campeonato Brasileiro, mas o estado conta com um campeonato detentor de um recorde de equipes e que, h√° mais de 40 anos, representa o futebol em sua ess√™ncia: o popular Pelad√£o.

Radialista, cronista esportivo e coordenador geral do Peladão desde 1998, Arnaldo dos Santos Andrade disse à Agência Efe que o amor do povo amazonense pelo futebol e pelo campeonato amador contribuiu para que Manaus se tornasse uma das 12 sedes da Copa do Mundo de 2014, derrubando o mito de que o estado não tem tradição no futebol.

‚ÄúCostumo dizer que o Pelad√£o √© o mais social de todos os programas. Ele n√£o tem divis√£o de classe. Aquela que tem mais, acaba ajudando o que tem menos. Essa √© a raiz do Pelad√£o. Aqui, que √© o centro da Amaz√īnia brasileira, pulsa e respira futebol tal como em qualquer outro lugar. Foi por isso que o Pelad√£o serviu de apoio ao projeto da cidade de Manaus¬†para sediar a Copa do Mundo‚ÄĚ, disse Arnaldo Santos.

O Campeonato de Peladas do Amazonas, nome oficial do Pelad√£o, foi criado em 1972 pelo jornalista Umberto Calderaro Filho (1927-1995) como um projeto social. A cada ano, o torneio re√ļne mais de mil times amadores e cerca de 23 mil atletas. As competi√ß√Ķes come√ßam a partir do m√™s de julho.

Na edição do Peladão em 2013, foram realizados 2.641 jogos em 56 campos, incluindo disputas na capital e em 20 dos 61 municípios do estado. Há categorias para times masculinos, femininos, de adolescentes, crianças e indígenas.

Categoria Peladinho
Categoria Peladinho

Os jogadores e jogadoras surgem de campinhos de terra batida da periferia, das fábricas do polo industrial, das comunidades ribeirinhas e indígenas. Alguns times viajam dias de barco para disputar partidas entre as cidades.

No Campeonato de Peladas do Amazonas, cada equipe inscrita √© patrocinada das mais diversas formas. ‚ÄúOs times do Pelad√£o s√£o patrocinados pelas fam√≠lias, pelos amigos do bairro. Tem gente que faz vaquinha para comprar o equipamento. No fundo, existe uma criatividade para o atleta participar do torneio. Essa √© a magia do Pelad√£o‚ÄĚ, disse Arnaldo Santos.

O torneio de peladas vai de julho a dezembro. Ap√≥s a homologa√ß√£o do times, come√ßa o cronograma que tem oito fases de elimina√ß√£o at√© chegar a disputa final para a escolha dos campe√Ķes nas categorias: Pelad√£o (jovens a partir de 18 anos), Peladinho (adolescentes a partir de 15 anos), Master (ap√≥s 40 anos de idade), Feminino, Ind√≠gena Masculino, Ind√≠gena Feminino e a equipe do Interior. O torneio elege ainda o melhor artilheiro de cada categoria.

‚ÄúO Pelad√£o tem algumas regras diferenciadas das regras da Fifa porque √© um campeonato de v√°rzea, de barro, de p√© no ch√£o. Jogam 11 jogadores, mas tem campos que n√£o d√° para jogar de chuteira. Tem que jogar de t√™nis ou descal√ßo, se n√£o o atleta est√° sujeito a ter uma contus√£o‚ÄĚ, disse Arnaldo Santos √† Ag√™ncia EFE.

Coment√°rios