Home Notícias Polícia Pescador encontra pérola rara de R$ 1,8 mi, anuncia na internet e acaba preso; Entenda!

Pescador encontra pérola rara de R$ 1,8 mi, anuncia na internet e acaba preso; Entenda!

2 min - tempo de leitura
82

O pescador Hatchai Niyomdecha, de 37 anos, foi do inferno ao céu, e depois de volta ao inferno, após encontrar uma das pérolas mais caras e raras do mundo em uma praia na Tailândia. Segundo a imprensa local, a descoberta ocorreu em 27 de janeiro, na província de Nakhon Si Thammarat. Depois de sua história viralizar na internet e na mídia internacional, o homem acabou preso pela polícia.

Niyomdecha contou que pegava conchas de ostras com a família, quando encontrou várias presas a uma boia de plástico que havia chegado à costa: uma delas era a que continha a joia rara. Um comprador da China chegou a oferecer o valor esperado pelo pescador, de US$ 340 mil, aproximadamente R$ 1,8 milhão. Cerca de outros três compradores também abordaram a família em busca da pérola.

“Quero vender a pérola pelo preço mais alto. O dinheiro não mudará apenas minha vida, mudará meu destino. Minha família inteira terá uma vida melhor”, afirmou o pescador, em entrevista ao jornal britânico Daily Mail.

De origem humilde e com poucos recursos financeiros, o homem conta que pegou a concha junto a tantas outras e as levou para o pai, seguindo a rotina de trabalho da família. Ao limpar as peças, o pai de Hatchai Niyomdecha se surpreendeu ao ver a pérola de Melo.

Felicidade e tristeza

A família estava contente com a possibilidade de mudar de vida e ficar rica com a venda da pérola. No entanto, segundo jornais tailandeses, a polícia de Nakhon Sri Thammarat seguiu a história do pescador e emitiu mandados de busca e apreensão e de prisão. Segundo a polícia, foram encontrados na casa do pescador dois lotes de equipamentos para a produção de drogas, além de uma quantidade não especificada de metanfetamina. Hatchai foi algemado e levado preso.

O chefe de polícia de Hua Sai, Pol Col Chokdee Srimuang, disse que Hatchai estava no radar da polícia depois que 16 mil comprimidos de metanfetamina foram encontrados perto da propriedade. Eles conseguiram chegar ao homem após a repercussão das postagens sobre a pérola na mídia tailandesa.

Hatchai nega as acusações, embora a polícia alegue ter evidências claras sobre o caso e o acusou de conspiração e porte de drogas de classe 1. Ainda não se sabe como ficou a negociação sobre a venda da pérola e nem com quem ela ficou após a prisão do pescador.

Raríssima e linda

As pérolas de Melo, como a encontrada pela família Niyomdecha são formadas por caracóis marinhos da espécie Volutiae, conhecidos como Melo Melo, ao contrário das pérolas tradicionais que se encontram nas ostras. Pesando 7,68 gramas, a pérola é um pouco menor que uma moeda 50 centavos.

Essas gemas raras são formadas quando uma infecção atinge a concha do caracol, fazendo com que o animal produza secreções para diminuir o desconforto. Ao longo de anos, as camadas de secreções formam a pérola de Melo, ou seja, a ocorrência dela é apenas de forma natural.

De acordo com o site especializado Pearlwise, a coloração dessas pérolas pode variar de laranja brilhante a marrom, dependendo da cor da concha do caracol em que a gema foi cultivada.

Uma das características mais marcantes da Melo Melo é o padrão interno que se assemelha a chamas e que se espalha por toda a superfície da pedra. As joias são encontradas apenas no Mar da China Meridional, em águas rasas na costa do Vietnã, Tailândia e Mianmar.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Roger Siqueira
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Mulher corta o pênis do marido, coloca em copo e leva para a amante do mesmo

Uma mulher é suspeita de matar o marido a facadas e, em seguida, arrancar o pênis da vítim…