PF encontra notebook em presídio que pode conter nomes importantes da FDN

6

Na manhã de quinta-feira (26/11), a Delegacia de Repressão a Entorpecentes do Amazonas (DRE/AM) da Polícia Federal (PF) com o apoio das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), apreendeu um notebook e diversos aparelhos eletrônicos no telhado de um dos pavilhões do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

Durante revista no telhado do pavilhão 2 do complexo, foram localizados diversos aparelhos eletrônicos, como celulares, roteadores, cabeamento, rádio e antenas. Também foram localizadas drogas, ferramentas para instalação do material eletrônico, anotações manuscritas, além de uma espécie de “estatuto” da organização criminosa em folhas impressas. A ação tem é parte da Operação “La Muralla”, onde investigações revelaram que a “Família do Norte” (FDN) pretendia financiar a candidaturas políticas nas de eleições de 2016 e 2018. 

Loading...

No notebook tinha: os nomes de todos os 200 mil integrantes da facção FDN, números de cadastros deles e o mapeamento de ruas e bairros de Manaus dominados por membros do grupo criminoso, entre outros dados, porém apenas a perícia da PF poderá comprovar a existência dos dados. O que pode ter relação com o mapa eleitoral denunciado nas eleições que elegeram o Governador José Melo, alvo de polêmicas, por suposto acordo feito com traficantes para o 2º turno das eleições passadas.

Imagem de Divulgação
Imagem de Divulgação

Comentários

comentários