Polícia civil deflagra operação “Jaleco Preto”, o alvo são quadrilhas que aplicam o golpe do falso médico

122

Na manhã nesta quinta-feira (23/11) a Polícia civil deflagrou operação “Jaleco Preto” que tem como alvo quadrilhas que aplicavam o golpe do falso médico em hospitais particulares do Amazonas. De acordo com as investigações, foram mais de 10 hospitais no estado que apareceram nas investigações.

Polícia civil deflagra operação "Jaleco Preto" - Imagem: Divulgação
Polícia civil deflagra operação “Jaleco Preto” – Imagem: Divulgação

A operação também ocorre em outras cidades, no total de 11 mandados de prisão são cumpridos em Rondonópolis e Cuiabá.

Loading...

Segundo as investigações, foram identificadas 10 vítimas em Manaus. Porém há vítimas no Pará, Goiás, Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro.

A quadrilha é suspeita de coletar informações de pacientes internados nas UTIs de todo país e ligar para familiares das vítimas aplicando o chamado “Golpe da UTI”, durante as ligações eles inventam procedimentos urgentes que devem ser pagos.

A polícia já prendeu três integrantes da quadrilha, que estão no presídio Mata Grande, em Rondonópolis.

A operação é uma ação conjunta das polícias do Amazonas e do Mato Grosso e conta com o apoio de mais de 50 policiais da Coordenadoria de Inteligência, Polícia Civil do Mato Grosso e do Amazonas, Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) de Rondonopolis, Grupo de Operações Especiais e setor de Inteligência Penitenciária, tendo sido realizada uma revista no presídio.

 

Comentários

comentários