Polícia Federal prende dois peruanos de 58 e 41 anos em Tabatinga, no interior

104

A Delegacia de Pol√≠cia Federal em Tabatinga/AM, nesta quinta-feira (04/04/2019), com o apoio da Pol√≠cia Militar e da For√ßa Nacional, durante trabalho de inspe√ß√£o rotineira nas embarca√ß√Ķes que circulam pela regi√£o da tr√≠plice fronteira, mas especificamente no Porto de Tabatinga, prendeu por recepta√ß√£o e usurpa√ß√£o de mat√©ria prima pertencente a Uni√£o, dois homens peruanos de 58 e 41 anos, que haviam embarcado em Juta√≠/AM na embarca√ß√£o Balsa Esmeralda com destino a Tabatinga/AM de onde pretendiam seguir para o Peru.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ao realizar inspeção na referida embarcação, os policiais encontraram durante revista pessoal nos suspeitos aproximadamente 515 (quinhentos e quinze) gramas de ouro em suas roupas, não tendo os indiciados apresentado qualquer documento comprovando a origem lícita daquele material.

Os presos que são naturais de Lima e Iquitos no Peru foram então conduzidos até a Delegacia de Polícia Federal em Tabatinga/AM e apresentado ao Delegado de Polícia Federal de sobreaviso, ocasião em que confessaram a prática delitiva e afirmaram que receberam o ouro ilegal como pagamento de mercadorias peruanas que venderam no município de Jutaí/AM e que levariam para Iquitos/PERU.

Crimes Investigados
Diante da situação apresentada foi ratificada a prisão e instaurado Inquérito Policial
mediante Auto de Pris√£o em Flagrante, com indiciamento pelos crimes de transporte
ilegal de metais preciosos e receptação, previstos nos artigos:

Art. 2o, ¬ß I da Lei 8.176/1991 ‚Äď Art. 2o Constitui crime contra o patrim√īnio, na modalidade de usurpa√ß√£o, produzir bens ou explorar mat√©ria-prima pertencentes √† Uni√£o, sem autoriza√ß√£o legal ou em desacordo com as obriga√ß√Ķes impostas pelo t√≠tulo autorizativo.
Pena: detenção, de um a cinco anos e multa. E; Artigo 180 do Código Penal РArt. 180. Adquirir, receber ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro de boa fé a adquira, receba ou oculte: Pena Рreclusão, de dois a quatro anos, e multa.

*Com informa√ß√Ķes de assessoria

Coment√°rios