Polícia Militar executa Operação Blocos e Bandas de Carnaval 2019, visando reforçar o policiamento ostensivo

162

Para garantir a segurança dos foliões, a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) realiza a operação Bandas e Blocos de Carnaval 2019. Será reforçado o policiamento ostensivo nas áreas onde ocorrerão eventos de grande e de pequeno porte. A presença da PMAM deve ser solicitada por meio de ofício e com antecedência (ver box procedimento). Já neste fim de semana, por conta da operação, policiais militares estarão nas bandas da Diretoria e do Coronel, entre outras.

Foto: Claudio Heitor/SECOM
Foto: Claudio Heitor/SECOM

A Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), estará nas ruas monitorando e fiscalizando os eventos programados e apurando denúncias, que podem ser feitas pela população através do 190.

A operação Bandas e Blocos de Carnaval 2019 pretende reprimir e prevenir ações ilícitas, orientar o público. Além de adotar medidas coercitivas e atuar em caso de ocorrências de grande vulto e alto risco como disparos de armas de fogo.

Na capital, o policiamento ostensivo será de responsabilidade dos Comandos de Policiamento Metropolitano (CPM), Especializado (CPE) e Ambiental (CPAmb). Nos municípios, as ações são coordenadas pelo Comando de Policiamento do Interior (CPI).

“Nas grandes bandas na capital, o policiamento será de responsabilidade do CPM, CPE e CPAmb com reforço dos policiais que atuam nas unidades administrativas da PMAM. Já nas pequenas bandas, o policiamento será de responsabilidade do CPM”, explicou o Tenente-Coronel PM, Franciney Machado Bó.

Eventos – Pelo planejamento da Polícia Militar, cinco eventos são considerados grandes bandas da capital: Bica, Difusora, Boulevard, Bhaixa da Hégua, Piranhas e Galo de Manaus. Essas festas estimam receber público que varia de 40 mil a 140 mil.

Procedimentos – Os responsáveis por bandas e blocos de carnaval em Manaus devem informar à PMAM sobre o evento com antecedência. Conforme portaria conjunta que regula eventos carnavalescos, emitida pelos órgãos estaduais e municipais, os organizadores devem comunicar as ações com 20 dias de antecedência.

A medida tem o objetivo de garantir a segurança nos locais, além de adequar a logística de policiamento para atender a área. Os responsáveis devem protocolar um documento endereçado ao comandante-geral da PM, coronel Ayrton Norte, com informações como nome, local, data, horário e término do evento, bem como estimativa de público, se haverá cobrança de ingresso e as informações do emprego de segurança privada.

Os responsáveis devem apresentar, ainda, os documentos de autorização obrigatórios emitidos pela Vigilância Sanitária (DVISA), pelo Corpo de Bombeiros, pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), pelo Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans), além de abaixo-assinado dos moradores do local.

Os documentos e o pedido de solicitação de realização da festividade devem ser entregues no Protocolo Geral do Quartel do Comando Geral da PMAM, localizado na rua Benjamin Constant, nº 2.150, bairro Petrópolis, zona sul de Manaus. O protocolo funciona segundas, quartas e sextas, das 8h às 14h, e nas terças e quintas-feiras, das 9h às 14h.

Site com orientações – Os organizadores de eventos em vias públicas contarão com uma novidade. É o site “Evento Legal”. Lançado pelo secretário de segurança pública, coronel Louismar Bonates, o sistema vai facilitar o registro pelos organizadores de eventos e criar um banco de dados inteligente para o trabalho de órgãos estaduais e municipais de controle, segurança e fiscalização.

O site está disponível para acesso público, clique aqui.

Desenvolvida por técnicos da Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada de Segurança (Seagi), da SSP-AM, a página contém todas as informações referentes aos requisitos necessários para realização de blocos e bandas de carnaval.

*Com informações de Assessoria

Comentários