Home Notícias Polícia Polícia prende 4 homens suspeitos de estuprar criança em condomínio na Ponta Negra em Manaus

Polícia prende 4 homens suspeitos de estuprar criança em condomínio na Ponta Negra em Manaus

2 min - tempo de leitura
15

Nesta sexta-feira (27) quatro homens foram presos suspeitos de estuprar uma criança de 8 anos de idade, há cerca de um ano, informou a Polícia Civil.

A crinça era abusada na casa da avó, localizada em um condomínio residencial no bairro Ponta Negra, Zona Oeste da capital.

Polícia prende 4 homens suspeitos de estuprar criança em condomínio na Ponta Negra em Manaus - Imagem: Divulgação
Polícia prende 4 homens suspeitos de estuprar criança em condomínio na Ponta Negra em Manaus – Imagem: Divulgação

Policiais cumpriram mandados de prisão temporária por estupro de vulnerável e quatro mandados de busca e apreensão, que resultou nas prisões de um mecânico de 57 anos; um pintor de 58 anos; um jardineiro de 51 anos, e de um vigilante de 48 anos.

Segundo a polícia, o jardineiro e o vigilante foram presos pela equipe da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), em uma residências na qual prestavam serviços, situada no bairro Ponta Negra, zona Oeste da capital.

O mecânico foi encontrado sua casa, no bairro Nova Cidade, zona Norte. O pintor foi localizado pelas equipes na residência dele, no bairro Aleixo, zona Centro-Sul da capital.

Conforme a delegada da Depca, Juliana Tuma, a vítima sofria abusos sexuais por parte dos quatro infratores há cerca de um ano. Um dos suspeitos é parente da avó da menina. A polícia não informou qual é o grau de parentesco.

As investigações tiveram inicio em setembro deste ano, após a mãe da vítima formalizar um Boletim de Ocorrência (BO), na delegacia.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

Bolsonaro afirma que pagou auxilio de R$ 5.400 para brasileiros e que culpados por queimada são índios e caboclos

Nesta terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro disse na Assembleia das Nações Unidas …