Por que jovens profissionais preferem trabalhar em startups?

76

De acordo com Rodrigo Vianna, CEO da Mappit Рempresa do Grupo Talenses focada no recrutamento para profissionais em início de carreira Рnos processos seletivos conduzidos para profissionais em início de carreira, é possível notar características interessantes. Uma delas é a grande vontade de trabalhar em uma startup, de preferência logo no primeiro emprego. Atualmente, entre uma grande empresa reconhecida no mercado e uma startup, o jovem talento opta pela segunda.

‚ÄúUm dos motivos para essa escolha, que muitas vezes causa estranheza nos familiares, √© a agilidade das startups em seus processos internos e projetos, como tamb√©m em progress√£o de carreira‚ÄĚ, comenta Vianna. De acordo com ele, trata-se de um modelo muito diferente do apresentado na maioria das empresas maiores e mais consolidadas, que t√™m mais burocracia e menos rapidez na tomada de decis√Ķes e no plano de carreira.

Um dos fatores de atra√ß√£o que influencia nessa prefer√™ncia em uma tomada de decis√£o na carreira √© o ambiente mais flex√≠vel, de acordo com 68% dos profissionais em in√≠cio de carreira, segundo pesquisa de Atra√ß√£o e Reten√ß√£o realizada pela Mappit. Oportunidade de trabalho remoto e a cultura das startups com gest√Ķes mais modernas, alinhada aos valores destes jovens, tamb√©m s√£o fatores que fazem com que eles sonhem com essa possibilidade.

Desafios para as grandes empresas

O especialista comenta que as grandes empresas, e principalmente as mais tradicionais, passam por uma transforma√ß√£o para adaptarem-se √† essa tend√™ncia e conseguirem atrair e reter os talentos potenciais. ‚ÄúAs que j√° tomaram consci√™ncia disso, come√ßam a adotar projetos mais √°geis e flex√≠veis e criam engajamento do jovem com sua cultura e prop√≥sito‚ÄĚ, aponta.

Essa vis√£o nunca esteve t√£o atual no mercado de trabalho. ‚ÄúMais do que um sal√°rio compat√≠vel com o setor, o jovem profissional quer se sentir alinhado aos valores da empresa em que trabalha e quer ser feliz trabalhando‚ÄĚ, comenta.

O conceito de felicidade no trabalho tem sido levado cada vez mais a s√©rio pelos profissionais e pelas empresas, por meio de culturas mais modernas. ‚ÄúSentir-se inclu√≠do e respeitado no ambiente de trabalho, al√©m de ser livre para comunicar-se diretamente com seus superiores s√£o situa√ß√Ķes apontadas como determinantes para a escolha da vaga perfeita‚ÄĚ, afirma.

Como ser atrativo para os jovens talentos?

Por isso, Vianna acredita que as empresas que buscam ser atrativas para o p√ļblico jovem precisam fazer uma autoavalia√ß√£o e entender como engajar o jovem a se candidatar √†s vagas ou n√£o desistir no meio do processo seletivo. Para ele, a atra√ß√£o come√ßa na comunica√ß√£o e na imagem que a empresa est√° passando para o p√ļblico.

Por isso, ‚Äúentender como a empresa quer ser reconhecida e o que o p√ļblico jovem pode esperar √© essencial para elaborar uma estrat√©gia capaz de alterar a percep√ß√£o dos jovens talentos sobre uma organiza√ß√£o‚ÄĚ, finaliza.

Por que jovens profissionais preferem trabalhar em startups?
Por que jovens profissionais preferem trabalhar em startups?

Coment√°rios