PPS-AM deverá lançar a jornalista Liliane Araújo como candidata à eleição suplementar

594

Na noite da última terça-feira (06), militantes do PPS deram informações nas redes sociais de que o Partido Popular Socialista (PPS) decidiu que terá candidatura própria ao Governo do Estado, na eleição suplementar que acontecerá dia 06 de agosto de 2017, para substituir a chapa cassada José Melo (Pros) e Henrique Oliveira (SOL).

Para o PPS, a jornalista Liliane Araújo tem todas as características necessárias para assumir o Governo e fazer uma boa gestão.

A decisão foi tomada em reunião da executiva provisória do PPS-AM, na sede do partido, localizado no bairro Vieiralves, zona Centro-Sul. O presidente da legenda, Elcy Barroso, disse que a candidatura própria é a manifestação do PPS contra as candidaturas que estão postas.

“Não vamos nos aliar a esse quadro que está colocado. Por isso, resolvemos lançar candidatura própria”.

Oficialmente, segundo ele, a candidatura será lançada no dia 14 de junho, dois dias antes do prazo limite para a realização das convenções partidárias para a eleição suplementar.

Durante os seus quase 10 anos de atuação na área de comunicação, Liliane Araújo passou a conhecer os problemas das comunidades carentes de todas as zonas de Manaus, ouvindo seus problemas e dando visibilidade a eles por meio da televisão, para que os órgãos públicos se manifestassem e apresentassem soluções.

Embora tenha contribuído para solucionar muitos dos casos que chegavam ao seu conhecimento e que eram transformados em matérias jornalísticas de grande repercussão, Liliane Araújo, por força da ética profissional, tinha sua atuação limitada a encaminhar as denúncias da população às autoridades das esferas municipal, estadual e federal.

Por essa razão, Liliane Araújo apresentou-se como um novo nome para o parlamento estadual e municipal e agora, se coloca a disposição para o executivo estadual.

Liliane Araújo / Divulgação
Liliane Araújo / Divulgação

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail:

Comentários