Praia Dourada inova com produção sustentável de pranchas de Stand Up Paddle

303

A prática de Stand Up Paddle (SUP) no rio Negro está ainda mais ecológica. Isso porque a prancha industrializada está dando lugar para a produzida com garrafas PET (de refrigerantes). Além dos benefícios ao meio ambiente, com a reutilização de resíduos sólidos, a prancha ecológica custa 40% mais em conta do que a industrializada. O SUP é um desporto aquático, uma variante do surf, no qual o praticante em pé numa prancha, usa um remo para se mover através da água.

sup ecológico praia dourada / Divulgação
sup ecológico praia dourada / Divulgação

A ideia inovadora est√° sendo desenvolvida na Praia Dourada, localizada no Tarum√£, pelo engenheiro agr√īnomo Nelson Marinho, que √© mestre em Gest√£o de Res√≠duos e Efluentes e tamb√©m um dos propriet√°rios do balne√°rio. “Sou especialista tamb√©m na destina√ß√£o final de res√≠duos dom√©sticos e busco alternativas inteligentes para gerar economias sistem√°ticas em neg√≥cios diversos”, frisou ele.

Marinho explicou que a pr√°tica sustent√°vel iniciou h√° cerca de um ano, no ambiente da Praia, ao decidir reutilizar as garrafas de refrigerantes que s√£o descartadas pelos frequentadores.

“Para a fabrica√ß√£o, s√£o necess√°rias 25 garrafas, exclusivamente as consumidas no balne√°rio. Na praia, j√° est√£o dispon√≠veis cinco pranchas para aluguel”, disse.

O aspecto econ√īmico √© considerado como a principal vantagem econ√īmica. “Utiliza-se menos PU (Poliuretano) no enchimento do molde. E em segundo lugar, o apelo ecol√≥gico com a destina√ß√£o definitiva de PET que iria, possivelmente, poluir o meio ambiente”, explicou o engenheiro e empreendedor.

A prancha √© montada em um molde espec√≠fico onde se faz a fixa√ß√£o de cada PET, com tiras de fibra na parte inferior da prancha. “Trabalham atualmente apenas duas pessoas na montagem das pranchas devido √† baixa produ√ß√£o. Temos um potencial de produzir uma prancha a cada dois dias com apenas um molde”, detalhou o empres√°rio. Marinho destacou que h√° capacidade para comercializar as pranchas em larga escala, desde que haja demanda, mas atualmente s√£o produzidas para atender aos alugueis para pr√°tica do SUP na Praia Dourada.

Aspectos da prancha

O tamanho da prancha ecol√≥gica √© padr√£o m√©dio, pesando em torno de 10 kg, de f√°cil dirigibilidade e navegabilidade, al√©m de ser de grande flutuabilidade. “Constru√≠mos tamb√©m os remos sob medida e as pessoas que comprarem conosco as pranchas ecol√≥gicas, n√≥s oferecemos a servi√ßo de guarda da prancha a um pre√ßo mensal quase que “simb√≥lico”, al√©m de ter a possibilidade de personalizar a sua prancha de SUP”, pontuou.

Uma prancha utilizando as garrafas de PET est√° posta √† venda no valor de R$ 2,5 mil, que pode ser paga no cart√£o. “Uma prancha industrializada pode iniciar custando em torno de R$ 3,5 mil at√© R$15 mil, dependendo do material a ser utilizado”, explicou.

Sustentabilidade e economia

A sustentabilidade e preserva√ß√£o da √°rea ambiental da Praia Dourada √© uma preocupa√ß√£o constante pela gest√£o do empreendimento. Por isso, est√° sendo desenvolvida a cria√ß√£o de galinhas e patos de forma caipira. “Al√©m disso, com o aproveitamento de res√≠duos que sobram dos restaurantes na Praia est√° sendo instalada uma horta org√Ęnica, baseada no cultivo m√≠nimo com o uso de estercos curtidos gerados na cria√ß√£o”.

Sobre a Praia Dourada

A Praia Dourada √© um empreendimento particular, mas muito frequentada por banhistas de Manaus. Para chegar at√© o local, usa-se um ramal de acesso localizado no quil√īmetro 09, estrada do Tarum√£, atual Avenida do Turismo, distante 20 quil√īmetros do centro da cidade. A praia fluvial √© banhada pelo igarap√© do Tarum√£ e o rio Negro. No local, barracas e cabanas podem ser alugadas para um fim de semana na praia. Durante o trajeto √† praia, pode-se apreciar uma longa mata semi-virgem.

sup ecológico praia dourada / Divulgação
sup ecológico praia dourada / Divulgação

Coment√°rios