Inicial Notícias Política Pré-candidato à Prefeito de Manaus do PC do B pode estar com os dias contados à frente da chapa

Pré-candidato à Prefeito de Manaus do PC do B pode estar com os dias contados à frente da chapa

Mesmo antes da pandemia chegar ao fim, os bastidores da política amazonense começam a fervilhar em preparação para o novo pleito eleitoral – ainda sem data para ser realizado. Depois da polêmica envolvendo dois nomes do Partido dos Trabalhadores (PT), agora é a vez do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). O atual pré-candidato a prefeito de Manaus pela sigla, Francisco Balieiro, pode estar com os dias contados à frente da chapa.

No Amazonas, partidos políticos tentam colocar em destaque os seus nomes mais fortes, já outros fogem de estar na mira. Esse seria o caso de Balieiro, segundo fontes do partido. Nas últimas semanas, ele teria se desvencilhado de algumas obrigações e até estratégias para emplacar o seu nome como pré-candidato. Por conta disso, ele recebeu uma espécie de “cancelamento” por parte dos filiados.

Apesar de ter muito crédito com a base do partido, desde que foi indicado como pré-candidato a prefeito, o ex-deputado tem faltado a compromissos, demonstrando desinteresse na disputa. A primeira “fuga” de Balieiro aconteceu no dia 15 de abril deste ano, quando Yann Evanovick divulgou a realização de uma live nas suas redes sociais sobre o adiamento das eleições 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus. Yann chegou a divulgar artes e vídeos chamando os filiados e eleitores para participarem, mas Balieiro avisou que não comparecia ao encontro. O aviso teria sido dado há apenas 40 minutos antes do horário marcado para o início do debate, que precisou ser adiado.

Já no dia 06 de junho, o juiz aposentado convocou toda a militância para lançar a sua pré-candidatura. Fato que aconteceria no último dia 11. Em um vídeo, ele solicitou que os pré-candidatos enviassem contribuições para o seu programa de governo que seria apresentado no lançamento. Porém, o evento acabou sendo cancelado sem justificativas e não há informações sobre a participação dos militantes para a construção das propostas de Balieiro. Essa falta de interesse é só mais um dos sinais de arranhaduras na candidatura do ex-deputado.

Seis dias depois desse episódio, uma nova negativa de Balieiro para participar de um debate pode ter sido a gota d’água para o descontentamento de parte dos filiados. O Portal Movimento Popular, que é encabeçado por um dos integrantes da diretoria do PCdoB, convidou Balieiro para um debate sobre a crise na economia do Amazonas.

Desta vez, o pré-candidato entrou na live, mas quatro minutos depois desconectou-se do bate papo alegando que não sabia usar a ferramenta. Ele não retornou ao discurso e isso teria caído como uma bomba dentro do partido, levando a dúvida sobre sua permanência como cabeça de chapa.

Nos bastidores do PCdoB comenta-se que Balieiro alega não estar preparado para debater ao vivo sobre certos assuntos de interesse. Ele estaria ganhando tempo para se instruir sobre o melhor posicionamento perante a sociedade. Entretanto, enquanto isso, Yann Evanovick, Marcelo Amil e até o próprio presidente estadual da sigla, o professor Eron Bezerra, mantém o debate acalorado com a participação popular.

No meio da situação difícil que o ex-deputado Balieiro se colocou no partido, o nome do advogado Marcelo Amil surge forte como uma das possibilidades para encabeçar a chapa. Marcelo, que antes de ir para PCdoB era pré-candidato à Prefeitura de Manaus pelo Partido da Mobilização Nacional (PMN), mantém uma postura de crescimento e continua bem visto pela imprensa e pela opinião pública. Ele aparece constantemente na mídia como um personagem forte e ainda mantém debates com o seu público nas redes sociais.

Segundo fontes, Amil tem crescido inclusive dentro do partido – na qual começou a sua carreira política. Ele poderá vir a ser o candidato cabeça de chapa, caso Balieiro permaneça decaindo no gosto dos militantes. Outra opção seria o PCdoB apoiar a candidatura de outro partido de esquerda, mas há poucas perspectivas para este cenário.

Comodismo e furos estremecem campanha de Balieiro no PCdoB
Comodismo e furos estremecem campanha de Balieiro no PCdoB

*Com informações da Assessoria

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta