Home Notícias Manaus Prefeito Arthur chama bandidos armados de “garotinhos” e acusa policiais da ROCAM de defender facção criminosa

Prefeito Arthur chama bandidos armados de “garotinhos” e acusa policiais da ROCAM de defender facção criminosa

1 min - tempo de leitura
169

O Prefeito de Manaus, Arthur Vírgilio Neto (PSDB), durante entrevista de rádio ao jornalista Fred Lobão, enquanto falava sobre Segurança Pública, tornou a tocar no assunto na qual policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano – ROCAM interceptaram briga de facções e mataram 17 bandidos entre a noite de terça-feira (29/10) e a madrugada de quarta-feira (30/10), no bairro Crespo, zona sul de Manaus.

Para o prefeito, porém, os bandidos eram “garotinhos” e foram atacados pelas costas por policiais militares que estariam mais a serviço da facção criminosa Família do Norte do que propriamente para combater o crime.

“E aqui pra nós, o grave, eram equipes que tinham sido contratadas pelo Comando Vermelho , vamos dar nome aos bois, e o pessoal foi lá muito mais para defender a Família do Norte, é este ponto que nós estamos chegando aqui.”, declarou o prefeito.

A declaração pegou muito mal e diversas notas de repúdios pipocaram nas redes sociais e diversos policiais se manifestaram contra as declarações desastrosas do Prefeito Arthur Neto.

Tenente Coronel Emerson Barros

Capitão Carpê


Capitão Alberto Neto

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Manaus

Deixe uma resposta

Leia Também

Aleam antecipa pauta da próxima semana com oito Projetos de Lei e cinco vetos do governo

  A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai colocar em votação, na próxima sem…