Home Notícias Brasil Prefeito Artur detona Bolsonaro “Ele é hoje o principal aliado do vírus”

Prefeito Artur detona Bolsonaro “Ele é hoje o principal aliado do vírus”

2 min - tempo de leitura
528

O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), declarou à coluna do jornalista Josias de Souza, do UOL, que “o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é, hoje, o principal aliado do vírus”. Arthur criticou Bolsonaro por incentivar o fim da quarentena e o responsabilizou pelo avanço do coronavírus na capital do Amazonas.

Segundo o prefeito de Manaus, o isolamento chegou a superar a marca de 70% da população, mas caiu para pouco mais de 50% “depois que o presidente começou a sair sucessivamente às ruas, numa campanha contra o isolamento”.

Manaus foi a primeira cidade do Brasil a ver o sistema de saúde (público e particular) entrar em colapso, devido a pandemia da Covid-19.

Para ele, as saídas constantes de Bolsonaro às ruas, muitas vezes causando aglomerações de apoiadores, não condizem com a de um presidente da República.

“Ninguém imaginou que o presidente fosse desafiar o coronavírus […] Se vem uma recessão, seguida de uma depressão econômica, será que haverá condições políticas e congressuais para Bolsonaro permanecer? Ele provoca todo mundo, não conta com a solidariedade de partido nenhum. Consegue brigar até com os amigos”, disse o prefeito de Manaus à coluna de Josias de Souza, do portal UOL.

O avanço do vírus levou o prefeito a sugerir ao governador do Amazonas, Wilson Miranda (PSC), que o isolamento social seja convertido em quarentena, com o uso de força policial para manter as ruas vazias.

Prefeito Artur detona Bolsonaro "Ele é hoje o principal aliado do vírus”
Prefeito Artur detona Bolsonaro “Ele é hoje o principal aliado do vírus”

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Brasil

Deixe uma resposta

Leia Também

Aleam antecipa pauta da próxima semana com oito Projetos de Lei e cinco vetos do governo

  A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai colocar em votação, na próxima sem…