Prefeito de Iranduba Xinaik se entregou ao MPE

1

No início da manhã desta terça-feira (10), Policiais Civis do Departamento de Repressão  ao Crime Organizado (DRCO) e agentes da Controladoria Geral da União (CGU), cercaram a prefeitura do município de Iranduba, o objetivo é dar cumprimento a mandados de busca e apreensão e prisão, inclusive do prefeito da cidade, Xinaik Medeiros.

De acordo com o procurador-geral do Ministério Público Estadual (MPE) Fábio Monteiro, revelou que foram descobertas fraudes em licitações na cidade a partir de denúncias de empresários que foram coagidos a pagar propina para conseguir contratos da gestão pública. O prefeito é considerado foragido e as equipes encontraram R$ 13 mil em espécie na casa de Xinaik Medeiros.

Mais quatro pessoas que ainda não tiveram seus nomes revelados são procuradas, alguns são empresários, no total são 20 mandados judiciais. Estão sendo investigadas práticas de crimes em contratos de obras, serviços e aquisição de materiais estimados em mais de R$ 56 milhões, que motivaram o bloqueio judicial dos bens dos envolvidos, visando o retorno dos valores subtraidos para os cofres públicos.

O prefeito se entregou agora a pouco, no Ministério Público Estadual (MPE) ao lado do presidente da OAB-AM, Alberto Simonetti.

Prefeito de Iranduba Xinaik se entregou ao MPE
Prefeito de Iranduba Xinaik se entregou ao MPE

Comentários

comentários

Loading...