Prefeito de Maués na mira da Justiça

39
Foto: Bahia
Foto: Bahia

Para apurar graves denuncias de irregularidades na gestão do Prefeito de Maués Padre Carlos Góes, a Câmara Municipal de Maués (CMM) deverá instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), por ordem do desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) Paulo César Caminha e Lima.

A criação da CPI foi parar no TJ-AM depois que o plenário da Câmara rejeitou, em outubro, a proposta de investigação feita por 6 vereadores que integram a oposição no parlamento local. O argumento foi de que a CPI é automaticamente criada quando atinge um terço das assinaturas da Casa, então eles foram à Justiça e obtiveram a decisão.

As graves denúncias feitas pelos vereadores contra o Prefeito de Maués são de desvio de dinheiro publico, dupla lotação de servidores, incluindo o próprio secretário municipal de Saúde, Anderson Jerry, que segundo denuncias ele recebe como secretário e como servidor de um posto de saúde da zona rural de Maués.

Comentários

Loading...

comentários

Curta nossa página do Facebook