Home Notícias Manaus Prefeitura de Manaus pede apoio do Exército para combater queimadas urbanas

Prefeitura de Manaus pede apoio do Exército para combater queimadas urbanas

5 min - tempo de leitura
55

Técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), da Prefeitura de Manaus, apresentaram na manhã desta terça-feira, 21/7, as estratégias municipais de combate às queimadas urbanas e pediram apoio do Exército na realização de ações de sensibilização e fiscalização durante o painel Melhores Práticas de Prevenção e Combate ao Desmatamento e Queimadas na Região Metropolitana de Manaus.

O evento realizado pelo 2º Grupamento de Engenharia do Exército (2º Gpt E) encerra nesta quarta-feira, 22, no auditório da corporação, na Ponta Negra, zona Oeste, e reúne representantes de várias instituições de comando e controle para a formação da Força-Tarefa Conjunta Integrada (FTCI) General Rodrigo Octávio, dentro da operação Verde Brasil 2, voltada ao combate do desmatamento e queimadas na Amazônia.

A intenção da Semmas é deflagrar até o fim deste mês as ações integradas de fiscalização e educação ambiental, sobretudo no atendimento às denúncias de focos de queimadas no âmbito municipal.

Representando o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antônio Nelson de Oliveira Júnior, o diretor de Fiscalização da Semmas, Enéas Gonçalves, destacou que a cidade sofre os efeitos das queimadas registradas em grandes faixas de floresta, no interior do Estado, e tem nas invasões na capital um dos maiores contribuintes na emissão de fumaça. Ele fez um apanhado das principais ocupações irregulares existentes na cidade, algumas das quais em áreas pertencentes ao governo federal e que necessitam de uma ação efetiva dos órgãos federais.

Durante o evento foram apresentadas também pelo chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo, as ações de sensibilização realizadas em toda a cidade. “Nessas ações, buscamos sensibilizar as pessoas quanto aos malefícios causados pelas queimadas e precisamos de apoio logístico para atingirmos um maior número possível de cidadãos”, lembrou, ressaltando as dificuldades geradas pela pandemia de Covid-19, que obrigaram a secretaria a se adaptar a uma nova realidade.

Prefeitura de Manaus pede apoio do Exército para combater queimadas urbanas

“O quadro este ano está ainda mais grave, se levarmos em consideração que milhares de pessoas acometidas pela doença sofrerão com os efeitos da fumaça”, observou Araújo. Na oportunidade, foram distribuídos materiais informativos utilizados durante as ações.

Atuação

O general de Brigada Marcelo Pereira, comandante do 2º Gpt E, destacou a importância das atividades desenvolvidas pelos órgãos das três esferas (federal, estadual e municipal). “Estamos trabalhando na formulação de uma estratégia de atuação para a Força-Tarefa Conjunta Integrada General Rodrigo Octávio e tenham certeza que todas as informações disponibilizadas nesse primeiro dia de painel foram devidamente anotadas e serão levadas em consideração para o melhor desempenho da nossa missão”, destacou.

Este ano, a operação Verde Brasil teve início em abril, com maior intensidade no sul do Amazonas, onde de acordo com o 2º Gpt E, estão os maiores focos do problema no Estado. O entorno de Manaus está sob a responsabilidade do 2º Grupamento e já vem sendo alvo de campanhas de sensibilização e ações repressivas. “Dentro da área urbana de Manaus nosso trabalho deve ser de apoio aos órgãos ambientais, com todo apoio logístico e de segurança”, destacou o coronel Cláudio José dos Santos Menezes, chefe do Estado Maior do 2º Gpt E.

Prefeitura de Manaus pede apoio do Exército para combater queimadas urbanas / Foto : Divulgação / Semmas

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Manaus

Deixe uma resposta

Leia Também

Outubro Rosa bem criativo! Jornalista vai fotografar mulheres que enfrentam o câncer de mama na Ponta Negra!

O jornalista Edivan Farias, 43, realizador do ‘Click Solidário Rosa’, vai presentear dez m…