Home Notícias Política Prêmio Nestor Nascimento é entregue pela Aleam, em alusão ao Dia da Consciência Negra

Prêmio Nestor Nascimento é entregue pela Aleam, em alusão ao Dia da Consciência Negra

8 min - tempo de leitura
21

Em comemoração ao “Dia da Consciência Negra”, celebrado nacionalmente no dia 20 de novembro, a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), por meio da Escola do Legislativo Senador José Lindoso, realizou na manhã desta quinta-feira (21) mais uma edição do Programa Educando pela Cultura, com debates sobre a importância da data e da valorização e lugar dos negros na sociedade.


O evento, que aconteceu no Auditório Senador João Bosco, contou ainda com a entrega do II Prêmio Nestor Nascimento, voltado para o reconhecimento aos movimentos e personalidades que promovem ações com o objetivo de estimular a igualdade racial e combate ao racismo.

O diretor da Escola do Legislativo, João Paulo Jacob explicou que o “Educando pela Cultura” é um programa permanente da Casa, tendo edições mensais, e tem como finalidade promover debates com alunos da rede estadual de ensino sobre temas sensíveis e caros à sociedade, que são necessários de reflexão, sobre tudo pelo aspecto dos direitos humanos, das minorias. “A Aleam, por ser uma casa plural, onde as diferentes forças convergem para o diálogo, entende a necessidade efetiva de uma reflexão e debates sobre o déficit que a população brasileira possui em relação aos negros”, falou Jacob, sobre a escolha do tema.

Foto: Divulgação

Os alunos do Ensino Médio da Escola Estadual Arlindo Vieira dos Santos, localizada no bairro Terra Nova, Zona Norte de Manaus, participaram desta edição do programa e tiveram a oportunidade de participar das palestras e debates, com os temas: “Genocídio da População Negra”, com Francy Júnior, gerente de Igualdade Racial da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc); “Epistemicídio da Cultura Afro”, com Prof. Me. Juarez Silva, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam); e “Visibilidade Constitucional da População Negra”, com Ana Carolina Amaral, presidente da Comissão de Igualdade Racial da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amazonas (OAB-AM). Os alunos, inclusive, fizeram uma apresentação cultural com a temática “autoafirmação da população negra na atualidade”.

Foto: Divulgação

O deputado Serafim Corrêa (PSB) representou o Parlamento e em pronunciamento na abertura da programação, falou da “dívida histórica” que o Brasil possui com a população negra. O deputado lembrou dos negros trazidos da África como escravos, e, quando da época da abolição da escravidão, não tiveram nenhum ressarcimento para os anos de sofrimento e ajuda para seguirem com suas vidas a partir daquele momento de liberdade. “Os negros ainda hoje continuam a margem da sociedade, sofrendo preconceito”, disse o parlamentar. Serafim Corrêa foi o prefeito de Manaus que instituiu feriado municipal em homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra, através da Lei Promulgada nº 188/2007. “A ideia de celebrar essa data com um feriado foi justamente chamar atenção da população, despertar a reflexão sobre o espaço dos negros e a dívida histórica que estava meio que esquecida”, disse.

A aluna Alessandra, Gomes, de 17 anos, analisou como positiva a participação no programa, pois, segunda a estudante, as apresentações e palestras puderam informar, fundamentar e especialmente, promover análise crítica do que realmente é dado ao povo negro, tanto culturalmente quanto politicamente. “mesmo que tenham acontecido algumas conquistas, algumas mudanças comportamentais, mas, ainda hoje, o negro tem que lutar por espaço no mercado de trabalho, na escola, por exemplo”, disse, complementando que “o racismo existe, é real. E precisamos constantemente lutar para mudarmos isso”.

II Prêmio Nestor Nascimento

Na segunda metade do encontro, foi realizada a entrega do “Prêmio Nestor Nascimento” para os vencedores nas cinco categorias de premiação.
O diretor João Paulo Jacob explicou que o prêmio foi criado para ressaltar o trabalho das pessoas que se destacam na defesa da cultura, crenças e população negra. “A Aleam tenta incentivar esse trabalho, mostrando o reconhecimento e gratidão por essas pessoas que continuam defendendo a cultura negra e brasileira, como um todo”, explicou.

Premiada pelo seu trabalho na preservação da fé e combate à intolerância religiosa, a Mãe Emília de Tóy Lissá falou em nome dos homenageados. Mãe Emília disse que sua missão é preservar a cultura do povo negro, e há 50 anos atua em todo o Amazonas conscientizando sobre a importância do respeito e reconhecimento do papel do negro na formação da cultura e povo brasileiro. “Receber uma homenagem como essa é de muita alegria, porque é uma maneira do Poder Público, como a Aleam, dar visibilidade para a nossa caminhada, para a nossa história”, declarou emocionada.

A coordenadora do “Educando pela Cultura” e do processo de seleção e definição dos agraciados com o Prêmio, pedagoga Jacy Braga explicou que a escolha de Nestor Nascimento para nomear essa homenagem se dá pelo trabalho que o mesmo realizou durante toda sua vida. Nascimento era um negro, amazonense, que por toda sua vida buscou os direitos do povo negro.

Lista dos premiados:

1) Mãe Emília de Tóy Lissá – Preservação da Fé: um trabalho de amor, doação e luta contra a intolerância religiosa.
2) Mãe Nonata Corrêa – Feminismo Negro: a luta no combate à “coisificação” da mulher.
3) Profª. Dra. Patrícia Melo – Conjunto da Obra: respeito, visibilidade, resgate histórico e luta contra o racismo.
4) Associação Crioulas do Quilombo do Barranco de São Benedito – Atividades culturais com enfoque na afro cultura.
5) Coletivo Ponta de Lança – Protagonismo Negro: a luta da juventude negra em busca do lugar de fala.
6) Jéssica Dandara – premiação especial em razão do trabalho desenvolvido à frente do ENCRESPA.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Emerson Tahan
Carregar Mais Em Política

Deixe uma resposta

Leia Também

Em Manaus, 56 estabelecimentos são vistoriados pela Central de Fiscalização e dez são fechados

Em uma nova ação da Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de…