Inicial Notícias Polícia Presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir Oliveira tem prisão temporária decretada

Presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir Oliveira tem prisão temporária decretada

1 minuto de leitura
0
233

No fim da tarde desta segunda-feira (2/3) o juiz de direito Carlos Henrique Jardim da Silva, que responde pela 2ª Vara da Comarca de Iranduba, na Região Metropolitana de Manaus, decretou a prisão temporária por um período de 30 dias de Givancir Oliveira, presidente do Sindicato dos Rodoviários. A decisão atendeu o pedido da Polícia Civil do Estado do Amazonas.

Givancir Oliveira tem prisão temporária decretada – Imagem: Divulgação

De acordo com o titular da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), delegado Geraldo Eloi, as autoridades policiais entraram com o pedido de prisão temporária em nome de Givancir Oliveira. Após a Polícia Civil entrar com o pedido, o Ministério Público do Amazonas (MP-AM), representado pela 2ª Promotoria de Justiça de Iranduba, apresentou parecer favorável ao pedido em desfavor de Givancir Oliveira. Segundo o MP-AM, o parecer foi assinado pelo Promotor de Justiça Leonardo Abnader e foi apresentado no início da tarde desta segunda-feira (2).

Mais cedo, acompanhado de um advogado, Givancir havia se apresentado à polícia para prestar esclarecimentos sobre o suposto envolvimento dele no homicídio de um autônomo, em Iranduba, no último sábado (29).

Um rapaz de 24 anos morreu baleado e o cunhado do mesmo ficou ferido. De acordo com informações da polícia de Iranduba, momentos antes os dois haviam ido a um sítio para que um dos homens encontrasse com uma pessoa para quem trabalhara, mas na saída do encontro ambos foram alvejados. Segundo a família da vítima fatal, os tiros foram disparos por Givancir.

A assessoria do Sindicato dos Rodoviários informou que o presidente pediu afastamento do cargo.

 

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta