Inicial Notícias Polícia Presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir Oliveira tem prisão temporária decretada

Presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir Oliveira tem prisão temporária decretada

No fim da tarde desta segunda-feira (2/3) o juiz de direito Carlos Henrique Jardim da Silva, que responde pela 2ª Vara da Comarca de Iranduba, na Região Metropolitana de Manaus, decretou a prisão temporária por um período de 30 dias de Givancir Oliveira, presidente do Sindicato dos Rodoviários. A decisão atendeu o pedido da Polícia Civil do Estado do Amazonas.

Givancir Oliveira tem prisão temporária decretada – Imagem: Divulgação

De acordo com o titular da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), delegado Geraldo Eloi, as autoridades policiais entraram com o pedido de prisão temporária em nome de Givancir Oliveira. Após a Polícia Civil entrar com o pedido, o Ministério Público do Amazonas (MP-AM), representado pela 2ª Promotoria de Justiça de Iranduba, apresentou parecer favorável ao pedido em desfavor de Givancir Oliveira. Segundo o MP-AM, o parecer foi assinado pelo Promotor de Justiça Leonardo Abnader e foi apresentado no início da tarde desta segunda-feira (2).

Mais cedo, acompanhado de um advogado, Givancir havia se apresentado à polícia para prestar esclarecimentos sobre o suposto envolvimento dele no homicídio de um autônomo, em Iranduba, no último sábado (29).

Um rapaz de 24 anos morreu baleado e o cunhado do mesmo ficou ferido. De acordo com informações da polícia de Iranduba, momentos antes os dois haviam ido a um sítio para que um dos homens encontrasse com uma pessoa para quem trabalhara, mas na saída do encontro ambos foram alvejados. Segundo a família da vítima fatal, os tiros foram disparos por Givancir.

A assessoria do Sindicato dos Rodoviários informou que o presidente pediu afastamento do cargo.

 

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta